MINING AND PRODUCTIVE SPECIALIZATION: ECONOMIC IMPACTS OF THE COLLAPSE OF THE DAM OF FUNDÃO IN MARIANA/BRAZILzil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol38n114.7318

Palavras-chave:

Productive Specialization, Collapse of the Dam of Fundão, Synthetic Control Method

Resumo

This paper analyzes the economic impacts in the municipality of Mariana from the Fundão Dam rupture occurred at the end of 2015. The central hypothesis is that economic dependence on the mineral extraction sector makes this municipality more vulnerable to adverse shocks affecting this productive sector, compromising its job recovery capacity. In order to calculate the impacts of this disaster, datas on formal employment estimated through the Synthetic Control Method were used. The results showed that, although Mariana and its synthetic version show similar formal employment trajectory in the pre-shock period, Mariana recovered employability in the second year after the dam rupture, unlike the control group. However, this result is not due to the recovery of formal employment based on sustainable economic diversification strategies, but essentially by dependence of the mining activity and the post-disaster remediation actions that has been gradually implemented in order to recover affected areas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jordana Ferreira da Silva, Doutoranda em Economia - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutoranda em Economia no Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (CEDEPLAR) na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Economia Aplicada do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada (PPEA) e graduada em Ciências Econômicas na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Temas e Áreas de interesse: Crescimento e Desenvolvimento Econômico; Mudança Estrutural; Resiliência Econômica; Economia Regional, Economias Mineradoras. 

Fernanda Faria Silva, Professora Permanente (Departamento de Economia) na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Doutorado em Economia pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, CEDEPLAR / UFMG (2007-2011). Professora Permanente (Departamento de Economia) da Universidade Federal de Ouro Preto (DEECO-UFOP). Visitante no Centro de Estudos de Desenvolvimento Urbano e Regional (CURDS) - Universidade de Newcastle - Reino Unido (setembro de 2019 - agosto de 2020). Pesquisadora do ResiliRE (UFOP / CNPq); NUPEDES-UFOP (2015 - atualmente); Laboratório de Estudos sobre Moeda e Território (LEMTe) do CEDEPLAR / UFMG (2008 - atualmente). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada da UFOP (PPEA-UFOP) de 04 de janeiro de 2016 a 01 de abril de 2018. Coordenadora do Grupo Emergente em Economia Aplicada (PROPP / UFOP e CNPq) - (maio 2013 - dezembro 2015). Visitante com bolsa de estudos na Universidade de La Laguna, Espanha (setembro de 2009 a agosto de 2010). Seus interesses de pesquisa incluem: Economia Urbana, Rural e Regional; Geografia Econômica; Economia Brasileira; Desenvolvimento Econômico; Economia Monetária

Héder Carlos de Oliveira, Professor Permanente (Departamento de Economia) na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Viçosa (2002), mestrado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005), e doutorado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013), com período de Visiting Scholar no Centre of Policy Studies/Monash University - Austrália. Realizou pesquisa de Pós-doutorado no School of Economics na Utrecht University (2015-2016). Tem experiência na área de Economia, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento Econômico, Desigualdade e Pobreza, Economia do Meio Ambiente e Métodos Quantitativos Aplicados à Economia. 

Referências

ABADIE, A.; DIAMOND, A.; HAINMUELLER, J. Synthetic control methods for comparative case studies: Estimating the effect of California’s tobacco control program. Journal of the American statistical Association, v. 105, n. 490, p. 493–505, 2010.

ANM - AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO. Maiores Arrecadadores CFEM. Disponível em: <https://sistemas.anm.gov.br/arrecadacao/extra/relatorios/cfem/maiores_arrecadadores.aspx>. Acesso em: 10 ago. 2019.

ATLAS DO DESENVOLVIMENTO NO BRASIL. Índice Municipal de Desenvolvimento Humano. Disponível em: <http://atlasbrasil.org.br/2013/>. Acesso em: 2 dez. 2017.

BRITO, J.; DA MOTTA, E. Clusters industriais na economia brasileira: uma análise exploratória a partir de dados da RAIS. Estudos Econômicos (São Paulo), v. 32, n. 1, p. 71–102, 2002.

BUNKER, S. G. Underdeveloping the Amazon: Extraction, unequal exchange, and the failure of the modern state. Chicago: [s.n.].

COLLIER, P.; GODERIS, B. "Commodity Prices, Growth, and the Natural Resource Curse: Reconciling a Conundrum," MPRA Paper 17315, University Library of Munich, Germany, 2008.

CROCCO, M. A. et al. Metodologia de identificação de aglomerações produtivas locais. Nova economia, v. 16, n. 2, p. 211–241, 2006.

DAVIS, G. A. Learning to love the Dutch disease: Evidence from the mineral economies. World Development, v. 23, n. 10, p. 1765–1779, 1995.

DEDECCA, C. S.; TROVÃO, C. J. B. M.; SOUZA, L. F. DE. Desenvolvimento e equidade: desafios do crescimento brasileiro. Novos estudos CEBRAP, n. 98, p. 23–41, 2014.

ENRIQUEZ, M. A. R. DA S. Eqüidade intergeracional na partilha dos benefícios dos recursos minerais: a alternativa dos Fundos de Mineração. Revibec: Revista Iberoamericana de Economia Ecológica, v. 5, n. 1, p. 61–73, 2006.

FEDERAL SENATE OF BRAZIL. Kandir Law. Disponível em: <https://www12.senado.leg.br/noticias/entenda-o-assunto/lei-kandir>. Acesso em: 10 set. 2019.

FJP - FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Lei Robin Hood /Tranferências. Disponível em: <http://fjp.mg.gov.br/robin-hood/index.php/transferencias/pesquisamunicipio>. Acesso em: 18 out. 2021.

LEWIS JR, S. R. Development problems of the mineral-rich countries. In: Economic structure and performance. [s.l.] Elsevier, 1984. p. 157–177.

MACHADO, Iran Ferreira; FIGUEROA, S. História da Mineração Brasileira Editora CRV, Curitiba, Brasil, 2020. 732 p.

MOYLE, C.; CARMIGANI, F.; MOYLE, B.; ANWAR, S. (2020). Beyond Dutch Disease: Are there mediators of the mining–tourism nexus?. Tourism Economics. 27. 135481661989922. 10.1177/1354816619899223.

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA MARIANA. Receita Fiscal. Disponível em: <https://e-gov.betha.com.br/transparencia/01037-055/con_comparativoreceita.faces>. Acesso em: 18 out. 2021.

RADETZKI, M. Regional development benefits of mineral projects. Resources Policy, v. 8, n. 3, p. 193–200, 1982.

RAIS. Relatório Anual de Informações Sociais. Disponível em: <http://trabalho.gov.br/rais>. Acesso em: 10 ago. 2021.

RENOVA FOUDATION. Dados da Reparação. Disponível em: <https://www.fundacaorenova.org/dadosdareparacao/reconstrucao-e-infraestrutura/>. Acesso em: 23 ago. 2019a.

RENOVA FOUDATION. Economic Stimulus Plan Promotes New Business Chains and Encourages Entrepreneurs. Disponível em: <https://www.fundacaorenova.org/release/plano-de-estimulo-a-economia-promove-novas-cadeias-de-negocios-e-incentiva-empreendedor/>. Acesso em: 23 ago. 2019b.

SAMARCO. Relatório Anual da Administração e Demonstrações Financeiras. Disponível em: <http://www.samarco.com/wp-content/uploads/2016/08/2013-Relatorio-Anual-de- Sustentabilidade.pdf>. Acesso em: 2 dez. 2017.

SAMARCO. Relatório Anual de Sustentabilidade. Disponível em: <http://www.samarco.com/wp-content/uploads/2016/08/2013-Relatorio-Anual-de- Sustentabilidade.pdf>. Acesso em: 23 ago. 2019.

SILVA, J. F. DA. Da especialização produtiva ao rompimento da barragem de fundão: uma análise da resiliência econômica para o município de Mariana/MG. [s.l.] Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Ouro Preto, 2018.

SILVA, F. F.; SILVA, J. F. DA; ANDRADE, M. L. Indicadores de Resiliência Setorial para Mariana (MG). [s.l: s.n.].

SIMÕES, R. Métodos de análise regional e urbana: diagnóstico aplicado ao planejamentoCedeplar. Belo Horizonte: [s.n.].

SIMONATO, T. C.; MAGALHÃES, A. S.; DOMINGUES, E. P. Urbanização, economia e mineração em Minas Gerais: aspectos contemporâneas de conflitos históricos. Anais ENANPUR,2017.

SOLOW, R. M. A contribution to the theory of economic growth. The Quarterly Journal of Economics, v. 70, n. 1, p. 65–94, 1956.

STIJNS, J.-P. Natural resource abundance and human capital accumulation. World development, v. 34, n. 6, p. 1060–1083, 2006.

VALE. Press Realeases (Brumadinho). Disponível em: <http://www.vale.com/brasil/PT/investors/information-market/press-releases/Paginas/ default.aspx>. Acesso em: 10 set. 2019.

Downloads

Publicado

2022-05-27