UNIVERSIDADE CORPORATIVA E RETENÇÃO DE LÍDERES NO CONTEXTO HOSPITALAR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol35n106.5139

Resumo

Este estudo teve o objetivo de identificar a contribuição da universidade corporativa (UC) para a retenção de líderes em uma unidade de terapia intensiva de uma instituição hospitalar do ABC paulista. A pesquisa assumiu abordagem qualitativa, sendo entrevistados sete líderes com atuação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os resultados mostraram que existe clara colaboração das ações da UC para a atuação do líder junto às suas equipes, tendo como principais fatores de contribuição da educação corporativa para a carreira a avaliação de desempenho, os recursos para aprimoramento no relacionamento interpessoal e um forte destaque ao programa de desenvolvimento de líderes. Por fim, o estudo apontou que a UC da instituição pesquisada contribui para a retenção dos líderes da UTI. Evidencia-se, portanto, contribuição para pesquisas sobre esse tema que, em geral, consideram a UC apenas como forma de desenvolver competências profissionais e promover o desempenho organizacional ou a implementação de estratégias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Caroline de Oliveira Mauricio, Universidade Metodista de São Paulo

Mestre em Administração pela Universidade Metodista de São Paulo (2016)

Almir Martins Vieira

Doutor em Educação (2007) pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e mestre (2001) e graduado (1996) em Administração pela Universidade Metodista de São Paulo

Professor dos programas de pós-graduação em Administração e em Educação da Universidade Metodista de São Paulo

Diógenes de Souza Bido, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo (2004)

Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Downloads

Publicado

08-10-2019