Smart Station: Um Sistema Pervasivo de Notificação em Paradas de Ônibus para Pessoas com Deficiência Visual

Autores

  • Lucas Agostini Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
  • Alex Braga Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
  • Julio Machado Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
  • Alysson Nogueira Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
  • Tatiana Tavares Universidade Federal de Pelotas (UFPel).
  • Adenauer Yamin Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

DOI:

https://doi.org/10.13037/ria.vol12n2.175

Resumo

A visão é um dos canais mais importantes de relacionamento do indivíduo com
o mundo, sendo nosso principal “sistema-guia” de orientação. As pessoas com deficiência visual não possuem esse “sistema-guia” como sua orientação principal. Uma forma de adaptação natural é se beneficiar de sentidos alternativos, como audição e tato, para oferecer uma forma independente de realização das atividades do cotidiano. Um exemplo é a mobilidade, especialmente no acesso ao transporte público urbano. Dessa forma, propõese uma solução para notificação em paradas de ônibus baseada em computação ubíqua, usando microprocessadores e caixas de som, voltado a pessoas com deficiência visual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Agostini, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Alex Braga, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Julio Machado, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Alysson Nogueira, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Tatiana Tavares, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Adenauer Yamin, Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

CDTec - Centro de Desenvolvimento Tecnológico.

Downloads

Publicado

17-04-2017

Edição

Seção

Artigos