ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS DE LEGIBILIDADE DA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS E O PERFIL FARMACOTERAPÊUTICO DE PACIENTES HIPERTENSOS

Vanessa Zandoná Mendes, Cicera Cristina Vidal Aragão, Cicera Cristina Vidal Aragão, Wilson Sabino, Wilson Sabino

Resumo


Introdução: Há circunstâncias no processo da prescrição do medicamento, principalmente do pacientehipertenso, que poderiam ser prevenidas e ainda diminuir gastos, como, por exemplo, uma melhorcomunicação entre os profissionais médicos, pois esta certamente minimizaria a polimedicação. Objetivo:Analisar as características de legibilidade da prescrição de medicamentos e o perfil farmacoterapêuticode pacientes hipertensos. Método: Trata-se de estudo descritivo com 422 receitas, apresentandonestas, como critério, medicamento anti-hipertensivo dispensado na farmácia-Eescola da UniversidadeMunicipal de São Caetano do Sul no período de agosto de 2012 a dezembro do mesmo ano. Verificousea legibilidade, classificando as prescrições em: legível, pouco legível e ilegível. Foram avaliados osindicadores do uso dos medicamentos recomendados pela Organização Mundial da Saúde. Observandoo perfil farmacoterapêutico, os medicamentos foram classificados pelo Índice de Classificação AnatômicoQuímico e Terapêutico. Resultados: Observou-se que 37,9% das prescrições foram consideradasilegíveis, por apresentarem um maior grau de dificuldade de leitura e compreensão. Foram prescritos1.908 medicamentos, encontrando-se 4,5 por prescrição. Deste total, 88% encontram-se na denominaçãogenérica e 71,5% estão padronizados pela Relação Nacional de Medicamentos. Foi observado que 63% dosmedicamentos receitados atuam sobre o sistema cardiovascular, seguido do trato alimentar e metabolismo(19,6%), sangue e órgãos hepatopoéticos (4,9%) e medicamentos com ação sobre o sistema nervoso(4,2%). Conclusão: Os resultados deste estudo indicam como principais características das prescriçõesanalisadas a polimedicação e pouca legibilidade. Quanto ao perfil farmacoterapêutico das receitas doshipertensos observou-se grande importância na presença de medicamentos inibidores da bomba deprótons, diabetes e os antitrombóticos.

Palavras-chave


Polimedicação; legibilidade; hipertensão; inibidores da bomba de prótons

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/ras.vol13n44.2543

Indexadores: