A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA CAPTAÇÃO DE ÓRGÃOS THE ROLE OF NURSES IN THE ORGAN DONATIONS

Alzi Ferreira da Silva, Tatiane da Silva Guimarães, Gisele Puerta Nogueira

Resumo


A tarefa de aumentar o número de transplantes com suporte adequado é realizada pela equipe de captação de
órgãos, que possui funções de identificação do possível doador de órgãos e tecidos, realização da proposta ao
familiar sobre o consentimento da doação, orientação sobre o processo de captação e transplantes de órgãos,
sempre ressaltando os benefícios que tal processo proporciona aos receptores, e ainda evita que qualquer dúvida
paire sobre quaisquer etapas desse evento, com destaque para o enfermeiro, que visa a organizar esse processo
dentro do cenário nacional. Descrever a importância do papel do enfermeiro no processo de captação de órgãos no
Brasil. O trabalho em questão é uma pesquisa bibliográfica. Os potenciais doadores são, na maioria, vítimas de
trauma ou acidente vascular encefálico, que podem desenvolver morte encefálica, mas, para que seja efetivada a
doação, faz-se necessária a sua identificação como possível doador, para assim acionar-se a organização de procura
de órgãos, que será responsável por todo o processo de captação e pela equipe de transplante dos órgãos. Esse
trabalho procurou esboçar a importância do papel do enfermeiro, profissional fundamental, que atua à frente de
todo o processo de captação de órgãos, desde a existência de um possível doador até a devolução do corpo aos
familiares, e que estende suas atividades à divulgação e à desmistificação do tema. Portanto, diante do exposto,
verifica-se que o papel do enfermeiro na captação de órgãos é de grande relevância, pois é ele o elo entre equipe/
família/doador/receptor.

Texto completo: PDF




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .