AVALIAÇÃO DO GRAU DE INFORMAÇÃO DA POPULAÇÃO DE SÃO CAETANO DO SUL SOBRE OS MALEFÍCIOS DA EXPOSIÇÃO EXCESSIVA AO SOL E O USO DE PROTETOR SOLAR EVALUATION OF THE DEGREE OF THE POPULATION INFORMATION OF SÃO CAETANO DO SUL ON THE HARM OF EXTREME SUN EXPOSURE

Daiana Soares dos Santos, Cássia Maria Furlan

Resumo


Estudos revelam que, com a destruição da camada de ozônio, os raios solares estão chegando em maior quantidade
à Terra. Esses raios são os UV-A e UV-B. A radiação solar é fundamental à vida, mas, quando em excesso,
pode acarretar alguns malefícios ao organismo, como o câncer de pele, queimaduras e o envelhecimento precoce,
por exemplo. Evidências mostram que, com a mudança de hábito da população em relação à exposição solar
e com a falta de informação, houve um aumento na incidência desses malefícios à pele. A maneira mais correta
de se evitarem os malefícios que a exposição solar pode acarretar é o uso de barreiras físicas ou químicas, que
podem ser roupas, mudança para hábitos corretos de exposição e o uso de filtros solares adequados para cada
tipo de pele. Este trabalho teve como objetivo avaliar o grau de conhecimento e de informação da população em
relação aos malefícios da exposição excessiva ao sol, bem como sobre o uso de filtro solar. Os resultados
obtidos apontam a necessidade de campanhas que incentivem mais o uso de protetor solar e a conscientização
sobre os malefícios da exposição prolongada ao longo dos anos, pois os dados demonstraram que se conhecem
os problemas, mas não se atentam à prevenção mesmo assim.

Palavras-chave


raios UV-A e UV-B, exposição solar, filtro solar, câncer de pele.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol6n17.358