CORRELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS ANTROPOMÉTRICAS E TEMPO DE MENARCA EM MENINAS PÚBERES, JOGADORAS DE HANDEBOL CORRELATION BETWEEN ANTHROPOMETRIC VARIABLES AND TIME OF MENARCHE IN FEMALE PUBESCENT HANDBALL PLAYERS

Estefânia Granero Alves, Odair Ferreira Borges, Denise de Oliveira Alonso

Resumo


A adequação da intensidade de exercício físico para adolescentes é controversa, pois se acredita que o treinamento
intenso possa neutralizar os benefícios do exercício físico. O objetivo deste estudo foi verificar a correlação entre
variáveis antropométricas e tempo de menarca de 21 meninas púberes, jogadoras de handebol. Foram anotados os
seguintes dados: idade e tempo de menarca. Foram medidos os elementos subsecutivos: massa corporal (kg), estatura
(cm), dobras cutâneas tricipital e subescapular (mm), diâmetros biestilóide e biepicondiliano do fêmur (mm). Foram
calculados os índices subseqüentes: massas de gordura, óssea, residual e muscular e seus percentuais em relação à
massa corporal total, além do índice de massa corpórea (IMC) e de IMC para idade (IMC/I). Foi utilizado o coeficiente
de correlação linear de Pearson (p < 0,05). As meninas tinham 12,6 ± 1,2 anos e treinavam duas horas/dia, quatro vezes/
semana, há 6-42 meses. Cinco delas não haviam atingido a menarca. Não foi observada diferença na idade entre essas
meninas e as que já haviam menstruado (11,8 ± 1,6 vs. 12,8 ± 1,0 anos, p = 0,115). Uma menina teve IMC/I acima do 95º
percentil e três, entre o 85º e o 95º percentis. O tempo de menarca correlacionou-se positivamente com a massa
corporal (r = 0,651; p = 0,001), com o IMC (r = 0,630; p = 0,002), com o somatório das dobras cutâneas (r = 0,584; p =
0,006) e com o percentual de gordura (r = 0,597; p = 0,004). O tempo de menarca apresentou correlação negativa com
o percentual de massa muscular (r =-0,458; p = 0,037) e o percentual de massa óssea (r = -0,707; p = 0,000). As variáveis
antropométricas apresentaram comportamento compatível à evolução maturacional de meninas. O treinamento realizado
parece não interferir negativamente no desenvolvimento dessas meninas.

Palavras-chave


menarca, maturação sexual, handebol.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol6n17.360