AVALIAÇÃO DE CONSTIPAÇÃO INTESTINAL E SUA RELAÇÃO COM HÁBITO ALIMENTAR E ESTILO DE VIDA DE UNIVERSITÁRIOS EVALUATION OF INTESTINAL CONSTIPATION AND ITS RELATION WITH ALIMENTARY HABIT AND LIFESTYLE OF UNIVERSITY STUDENTS

Taíse Martinoff, Rita de Cássia de Aquino

Resumo


A constipação intestinal tem sido um tema muito discutido, uma vez que apresenta alta prevalência na população
mundial. Considerando os hábitos alimentares inadequados e a falta de dados na literatura sobre constipação
entre os jovens, o presente estudo teve como objetivo avaliar o hábito intestinal de universitários e investigar
a presença de constipação intestinal neste grupo. Para isso, foi elaborado e aplicado um questionário em
estudantes universitários do primeiro ano dos cursos da área da saúde da Universidade Municipal de São
Caetano (Imes), de ambos os gêneros, no primeiro semestre de 2005. O número total de entrevistados foi de
181 alunos, sendo 67,9% de mulheres e 32,54% de homens. Entre os entrevistados, 17% foram classificados
como constipados e a maioria, mulheres (64%). Com relação ao hábito alimentar, o consumo de fibras foi
insuficiente entre os estudantes, o que apóia a teoria de que o consumo inadequado de alimentos fontes de
fibras alimentares é um dos principais fatores que podem estar implicados na gênese da constipação intestinal.

Palavras-chave


Universitários, Constipação Intestinal, Consumo Alimentar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol6n15.538

Indexadores: