ASSOCIAÇÃO DE FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM MULHERES COM NORMO E HIPERTRIGLICERIDEMIA ASSOCIATION OF CARDIOVASCULAR RISK FACTORS IN WOMEN WITH NORMO OR HYPERTRYGLICERIDEMIA

Luiz José Passaline, Rafael Pereira, Juliano G. Barreto, Marco Machado

Resumo


A hipertrigliceridemia é fator de risco para doenças cardiovasculares, assim como o sedentarismo, a obesidade
e a hipercolesterolemia. O objetivo deste estudo foi comparar fatores de risco cardiovascular em mulheres
com e sem hipertrigliceridemia. Mulheres entre 18-68 anos foram divididas em dois grupos: NT (n=65;
triglicerídeos <150mg.dl-1) e AT (n=54; triglicerídeos >151mg.dl-1). Todas foram medidas e pesadas, tiveram a
pressão arterial aferida, responderam a um inquérito de atividades físicas e foram submetidas à dosagem do
colesterol total, HDL, LDL e VLDL. Os procedimentos possibilitaram o cálculo do IMC e o dispêndio energético
total. As variáveis entre os grupos foram comparadas por meio do teste t de Student (p<0,05). Houve diferença
significativa na concentração de triglicerídeos (NT=91,0±24,4mg.dl-1; AT=205,9±47,4 mg.dl-1) e não
houve diferença significativa para idade, estatura, IMC, PAS e PAD. O grupo AT apresentou maiores concentrações
de colesterol total, LDL e VLDL. Houve diferença entre o dispêndio energético
(NT=2059,3±407,8kcal.dia-1; AT=1749,4±326,9kcal.dia-1). Mais de 60% das mulheres apresentaram pelo menos
um dos fatores de risco para cardiopatias. Os dados deste estudo permitem postular que a atividade física
mantém índices mais saudáveis de triglicerídeos. Há associação entre altos níveis de triglicerídeos e altas concentrações
de colesterol total, LDL e VLDL, fartamente descritos na literatura como fatores indutores de
doenças cardiovasculares por seu potencial aterogênico.

Palavras-chave


Triglicerídeos, Colesterol, HDL, LDL, VLDL, Exercício.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol6n15.539