SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS POR COMPETÊNCIAS: UM OLHAR CRÍTICO PARA A DIMENSÃO DO DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL

Graziella Maria Comini, Claudia Mayu Konuma, André Laizo dos Santos Laizo dos Santos

Resumo


A produção acadêmica nacional e internacional
abordando o tema competências é bastante expressiva,
apontando o interesse de investigações
críticas sobre formas de internalização deste conceito
nas práticas de recursos humanos. Observase
que, em termos gerais, as organizações têm
conseguido introduzir o conceito no processo avaliativo
dos colaboradores. Em estudo exploratório
com amostra intencional, realizado pelos autores
em organizações que possuem sistema de gestão
por competências, observou-se que, em média,
apenas 60% das avaliações geravam planos de
desenvolvimento individual (PDI). Esta tendência
estimulou a realização de focus group com 25
gerentes de RH de diferentes empresas para identificar
as dificuldades enfrentadas na geração de
PDI. O principal obstáculo apontado refere-se à
falta de clareza do papel e responsabilidades dos
agentes envolvidos neste processo (RH, gestor,
colaborador). Além disso, ressaltou-se a pouca
criatividade dos gestores que, na maioria dos casos,
limitam-se a sugerir treinamentos para o desenvolvimento
de qualquer tipo de competência.
Palavras-chave: competências, sistema de gestão
por competência, desenvolvimento de pessoas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol24n69.83

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora