PADRÕES DE RESISTÊNCIA A FARMACOS EM PACIENTES COM TUBERCULOSE PULMONAR. IAL SANTO ANDRÉ

Ana Luiza Paschualinoto, Regina Ruivo Ferro e Silva, Andréia Moreira Santos Carmo

Resumo


O presente estudo teve como objetivo verificar os padrões de resistência aos fármacos antituberculose em pacientes diagnosticados no Centro de Laboratório Regional - Santo André VIII do Instituto Adolfo Lutz, no período de fevereiro de 2009 a abril de 2010. Para tanto foi realizada uma análise retroativa de 35 testes de sensibilidade realizados nesse Centro de pacientes diagnosticados com Mycobacterium tuberculosis. Os resultados revelaram padrões de multidrogarresistência em concordância com os dados apresentados no II Inquérito Nacional de Resistência aos Fármacos Anti-TB, realizado em 2007-2008, que levaram a mudanças no esquema de tratamento da tuberculose pulmonar. No entanto, devido à recente implantação desse novo esquema de tratamento, o Centro de Laboratório Regional Santo André VIII do Instituto Adolfo Lutz - ainda não possui resultados suficientes para verificar o impacto nos resultados dos testes de sensibilidade em sua região de abrangência. Os autores sugerem que, futuramente, seja realizado novo levantamento, com maior número de dados e comparação com os resultados aqui apresentados afim de se complementar essa verificação.


Palavras-chave


Mycobaterium tuberculosis; Antibióticos antituberculose

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol10n31.1384

Indexadores: