ESTILO DE VIDA DE ESCOLARES COM E SEM DIFICULDADES MOTORAS EM DIFERENTES CONTEXTOS ESCOLARES

Autores

  • Andressa Ribeiro Contreira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Renata Capistrano Universidade do Estado de Santa Catarina.
  • Annelise do Vale Pereira de Oliveira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Juliana da Silva Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Thais Silva Beltrame Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol10n34.1749

Palavras-chave:

Educação Física

Resumo

Objetivo: Investigou-se o estilo de vida e estado nutricional de escolares com e sem indicativo de dificuldades motoras em diferentes contextos escolares. Métodos: Participaram 84 escolares (média idade 11,77 anos) de escolas pública e particular de Florianópolis/SC. A Movement Assessment Battery for Children -2 foi utilizada para avaliar o desempenho motor, foi mensurado o IMC e utilizado o questionário Estilo de Vida na Infância e Adolescência. Resultados: A maioria dos escolares apresentou desenvolvimento motor normal. Não houve associação entre hábitos de vida e desempenho motor em ambas as escolas. Na escola pública, “passear a pé” poucas vezes ou nunca foi significativamente mais frequente para escolares com dificuldade motora. Ocorreu diferença significativa no IMC dos escolares com e sem dificuldades motoras da escola particular com maiores índices para as crianças com dificuldades. Conclusão: Atenta-se para a importância de orientações quanto às mudanças no estilo de vida dos escolares que são benéficas aos aspectos de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Ribeiro Contreira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduação em Educação Física Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Especialista em Atividade Física Desempenho Motor e Saúde (UFSM).

MestrE em Ciências do Movimento Humano (UDESC)

Renata Capistrano, Universidade do Estado de Santa Catarina.

Graduação em Educação Física Licenciatura (UDESC).

Mestranda em Ciências do Movimento Humano (UDESC).

Annelise do Vale Pereira de Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduação em Educação Física Licenciatura (UDESC).

Mestranda em Ciências do Movimento Humano (UDESC).

Juliana da Silva, Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduação em Educação Física Licenciatura (UDESC).

Mestre em Ciências do Movimento Humano (UDESC).

Doutoranda em Ciências do Movimento Humano (UDESC).

Thais Silva Beltrame, Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduação em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Mestre em Educação Brasileira (UFSM).

Doutora em Ciências do Movimento Humano (UFSM).

Professora do Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano (UDESC).

Downloads

Publicado

27-03-2013

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS