ESTILO DE VIDA DE ESCOLARES COM E SEM DIFICULDADES MOTORAS EM DIFERENTES CONTEXTOS ESCOLARES

Andressa Ribeiro Contreira, Renata Capistrano, Annelise do Vale Pereira de Oliveira, Juliana da Silva, Thais Silva Beltrame

Resumo


Objetivo: Investigou-se o estilo de vida e estado nutricional de escolares com e sem indicativo de dificuldades motoras em diferentes contextos escolares. Métodos: Participaram 84 escolares (média idade 11,77 anos) de escolas pública e particular de Florianópolis/SC. A Movement Assessment Battery for Children -2 foi utilizada para avaliar o desempenho motor, foi mensurado o IMC e utilizado o questionário Estilo de Vida na Infância e Adolescência. Resultados: A maioria dos escolares apresentou desenvolvimento motor normal. Não houve associação entre hábitos de vida e desempenho motor em ambas as escolas. Na escola pública, “passear a pé” poucas vezes ou nunca foi significativamente mais frequente para escolares com dificuldade motora. Ocorreu diferença significativa no IMC dos escolares com e sem dificuldades motoras da escola particular com maiores índices para as crianças com dificuldades. Conclusão: Atenta-se para a importância de orientações quanto às mudanças no estilo de vida dos escolares que são benéficas aos aspectos de saúde.


Palavras-chave


Educação Física

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol10n34.1749

Indexadores: