FAMÍLIAS HOMOAFETIVAS NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: UMA REFLEXÃO BIOÉTICA

Autores

  • Barbara Cabral de Sousa
  • Edite Lago da Silva Sena
  • Rita Narriman Silva de Oliveira Boery
  • Sheilla Nayara Sales Vieira
  • Sueli Vieira dos Santos
  • Sérgio Donha Yarid
  • Zenilda Nogueira Sales
  • Ramon Missias Moreira
  • Jules Ramon Brito Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol12n39.2103

Resumo

Introdução: a família é uma das instituições mais antigas da sociedade, e dentre os novos arranjos familiares existentes as famílias homoafetivas são uma realidade. Esse grupo tem se tornado vulnerável no que diz respeito as necessidades de saúde, tendo em vista o modelo patriarcal ainda adotado nos serviços de atenção a saúde. Objetivo: desenvolver uma reflexão crítica sobre o atendimento às famílias homoafetivas na Estratégia de Saúde da Família a partir de um olhar bioético. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, exploratória, de revisão de literatura, realizada nas bases de dados da Medline, Scielo e BVS. A seleção do material bibliográfico teve como critérios de inclusão:

materiais científicos (artigos, dissertações, teses, livros, manuais) publicados sobre o tema, que comtemplassem o atendimento a famílias homoafetivas em saúde, em português ou em inglês, publicados entre 2001 e 2011. Utilizou-se os descritores em português e inglês: “Saúde da Família”, “Homossexualidade” e “Bioética” além do termo utilizado pela literatura nacional “Família Homoafetiva”. Resultados: os resultados encontrados apresentam profissionais inseridos na ESF com dificuldades técnicas, bioéticas e de abordagem para lidar com estes novos arranjos familiares. A identificação dos principais problemas e a definição das estratégias de ação devem compor o processo de cuidado que envolve essas famílias e os profissionais de saúde. Conclusão: conclui-se, portanto que o atendimento as famílias homoafetivas ainda se depara com muitos conflitos éticos e morais, além da falta de normas e capacitação dos profissionais responsáveis pelo atendimento, tornando-se necessário reconhecer os diversos fatores envolvidos nessa nova dinâmica familiar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Barbara Cabral de Sousa

Mestre em Saúde Pública pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB (2013).

Edite Lago da Silva Sena

Doutora em Enfermagem - área de Concentração em Filosofia, Saúde e Sociedade pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2006). Docente Titular A do Departamento de Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Professora Permanente do Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Rita Narriman Silva de Oliveira Boery

Pós Doutora em Bioética pela Universidade Católica Portuguesa. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo. Docente Titular do Departamento de Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Professora Permanente do Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Sheilla Nayara Sales Vieira

Mestre em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Sueli Vieira dos Santos

Mestranda em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Sérgio Donha Yarid

Doutor em Odontologia Preventiva e Social pela Universidade Estadual Paulista. Professor Permanente do Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Zenilda Nogueira Sales

Pós Doutora em Educação e Diversidade pela Universidade Federal da Bahia. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará. Docente Titular do Departamento de Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Professora Permanente do Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Ramon Missias Moreira

Mestre em Saúde Pública pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Saúde da UESB (2012). Professor Auxiliar do curso de Educação Física da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Professor da disciplina Metodologia do Trabalho Científico da Pós-Graduação, lato sensu, do Instituto Pró Saber. Professor Colaborador da Escola Técnica de Enfermagem de Jequié (ETEJ), ministrando a disciplina Noções de Pesquisa em Enfermagem.

Jules Ramon Brito Teixeira

Mestrando em Enfermagem e Saúde pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Bolsista de Pesquisa da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB).

Downloads

Publicado

27-02-2014

Edição

Seção

ARTIGOS DE REVISÃO

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)