TENDÊNCIAS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: IDOSO E AUTOCUIDADO

Juliane Elis Both, Margrid Beuter, Miriam da Silveira Perrando, Matheus Souza Silva, Jamile Lais Bruinsma, Lucimara Sonaglio Rocha

Resumo


Introdução: O contingente populacional dos idosos vem aumentando progressivamente, associado ao aumento de agravos à saúde, sendo necessário estimular o autocuidado desses sujeitos. Objetivo: apresentar e discutir as tendências na construção do conhecimento em enfermagem caracterizando a produção da enfermagem em dissertações e teses, acerca do autocuidado do idoso. Metodologia: Caracteriza-se como uma revisão da literatura do tipo narrativa, de caráter descritivo, das dissertações e teses da enfermagem acerca do autocuidado do idoso publicadas no período de 2006 a 2012. Resultados: A partir das leituras dos resumos foi possível criar a categoria de análise: caracterização das tendências da construção do conhecimento em enfermagem relacionadas ao autocuidado do idoso. Pode-se perceber que o conhecimento que vem sendo produzido acerca do autocuidado do idoso é oriundo exclusivamente de dissertações. Ainda, a região Sul foi a que mais apresentou produções nesta área. Conclusão: Destaca-se a necessidade da realização de estudos que tenham por objeto de estudo o autocuidado do idoso frente as questões de adoecimento.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol12n39.2241

Indexadores: