CUIDADOS COM FERIDAS EM PACIENTES DOMICILIARES: UMS ANÁLISE SOBRE AS CONDIÇÕES DESTAS LESÕES E O PROCEDIMENTO REALIZADO PELO CUIDADOR

Autores

Resumo

Objetivo: Torna-se relevante conhecer a técnica de curativos em feridas realizados em âmbito domiciliar, tendo em vista o elevado número de indivíduos que necessitem de cuidados em sua residência. Este trabalho teve como objetivo analisar o cuidado em indivíduos portadores de feridas realizados por cuidadores no domicílio. Metodologia: Pesquisa quantitativa, descritiva. Realizada com 30 pacientes, ambos os sexos, atendidos no Programa Melhor em Casa, acamados com presença de feridas. Dados foram coletados via entrevista e observação da técnica do curativo pelo cuidador, durante a visita domiciliar do Programa. Foi realizada coleta de fragmento da ferida para análise do material em laboratório de análises clínicas da FMABC. Processamento e análise dos dados pelo software Epi Info, 3.5.2. com nível de significância em 5%. Resultados: A maioria dos doentes e cuidadores são do sexo feminino, com idade média de 66,6 anos. A higiene mostrou-se adequada em 56,7% dos casos; a falta de higiene está relacionada a maior tempo de existência da ferida (p=0,061). Feridas são mais frequentes em região sacrococcígea e membro inferior (36,7% e 43,3% respectivamente); 100% contaminadas por bactérias e 63,3% com presença de 2 bactérias, das quais destacam-se Proteus, Pseudomonas e Stafilococcus aureus (43,3%, 26,7% e 23,3% respectivamente); média escore da avaliação da técnica do curativo foi de 7,1 (±1,6). Conclusão: A higienização é fundamental na prevenção e recuperação de feridas. O procedimento não está sendo realizado adequadamente, de forma que recomenda-se que o Programa Melhor em Casa reveja esta estratégia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Pereira, Centro Universitário Saúde ABC/ Faculdade de Medicina do ABC

Laboratório de Análises Clínicas 

Enfermagem oncológica

Rosangela Filipini, Centro Universitário Saúde ABC/ Faculdade de Medicina do ABC

Professora Titular em Enfermagem em Saúde Pública da Faculdade de Medicina do ABC; Coordenadora do Curso de Enfermagem da FMABC; Curso de Especialização em Enfermagem Pediátrica e Neonatal da FMABC e Coordenadora de Enfermagem do Ambulatório de Especialidades da FMABC. 

Edimar Pereira, Universidade Federal de São Paulo

Departamento de Ciências Farmacêuticas

Beatriz Alves, Centro Universitário Saúde ABC/ Faculdade de Medicina do ABC

Laboratório de Análises Clínicas

Glaucia Veiga, Centro Universitário Saúde ABC/ Faculdade de Medicina do ABC

Laboratório de Análises Clínicas

Fernando Fonseca, Centro Universitário Saúde ABC/ Faculdade de Medicina do ABC

Laboratório de Análises Clínicas

Downloads

Publicado

26-10-2020

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS