A influência da variável familiar na ampliação da imprensa interiorana no Rio Grande do Sul: o caso Prunes

Autores

  • Beatriz Corrêa Pires Dornelles Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol18n36.4203

Palavras-chave:

História da Imprensa, Jornais do interior, Imprensa interiorana

Resumo

Este estudo tem caráter inédito e inovador dentre os documentos acadêmicos existentes sobre jornalismo interiorano no Brasil. Objetivando colaborar para história da imprensa, estudamos a atuação da família “Prunes” na expansão dos veículos de comunicação do Rio Grande do Sul, a partir do jornal “Gazeta de Alegrete”, o mais antigo em circulação no Estado, com 134 anos de existência. O estudo foi realizado com pesquisa bibliográfica, documental e entrevistas em profundidade, no período de 1888 a 1945. Como resultado, identificamos a criação de 16 jornais e 2 gráficas, em 9 municípios gaúchos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Corrêa Pires Dornelles, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 7 - sala 318

Bairro Partenon

Porto Alegre/RS - Brasil

CEP: 90619-900

 

Downloads

Publicado

09-03-2017