Dados abertos à brasileira: aspecto de uma cidadania denegada

Autores

  • Claudomilson Fernandes Braga Professor efetivo do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Goiás (UFG), coordenador do curso de graduação em Relações Públicas (PPGCOM/UFG).
  • Simone Antoniaci Tuzzo Professora efetiva do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Goiás (UFG), editora da revista Comunicação e Informação e coordenadora do curso de especialização em Assessoria de Comunicação e Marketing (PPGCOM/UFG).

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol18n37.4359

Palavras-chave:

Dados Abertos, Cidadania, Comunicação Pública

Resumo

Este estudo exploratório de cunho qualitativo netnográfico busca identificar e compreender o cenário da gestão de dados abertos no Brasil, dentro do conceito de comunicação de interesse público e cidadania. No ambiente investigado foram observadas três perspectivas: a produção sobre a temática no âmbito acadêmico; as ações de dados abertos na esfera do governo federal; as experiências dos governos estaduais mais o Distrito Federal, todas com o objetivo de identificar o que vem sendo produzido a título de transparência, política de dados abertos e sua efetiva operacionalização.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-08-2017