SELF-DIGITAL E A (RE)PRODUÇÃO DE IMAGENS ORGANIZACIONAIS NAS MÍDIAS SOCIAIS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol21n46.6446

Palavras-chave:

Imagens Organizacionais, Identidade Organizacional, Mídias Sociais

Resumo

A proliferação do uso das imagens é uma realidade da comunicação digital. Com base nos pressupostos da teoria da complexidade, observa-se que a interação com as imagens das empresas, ao longo do tempo, constrói um processo identificatório e relacional com os usuários no ambiente digital. As imagens (re)produzem narrativas essenciais para a construção de identidades e do self-digital das organizações. Neste artigo são analisadas imagens do Instagram do banco público brasileiro Caixa Econômica Federal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Rodrugues Carvalho de Oliveira, Universidade do Minho

Doutoranda em Comunicação; Mestre em Comunicação pela UCB. Chefiou a Assessoria de Imprensa do banco público Caixa Econômica Federal.

Victor Laus-Gomes, Universidade Católica de Brasília

Professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Mestrado Profissional Inovação em Comunicação e Economia Criativa da Universidade Católica de Brasília.

Downloads

Publicado

09-07-2020