“Hoje sou um coração pela metade”: mães enlutadas no Facebook e o cotidiano pós-tragédia.

Autores

Palavras-chave:

Maternidade, Luto, Redes sociais digitais

Resumo

O artigo interpreta práticas de consumo do site de rede social Facebook na composição das experiências da maternidade e da elaboração do luto de quatro mães que perderam seus(as) filhos(as) no incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria, RS. A partir de uma etnografia para a internet se discute o papel das redes sociais digitais na formulação das emoções e do cotidiano pós-tragédia. O trabalho aponta que, nessas práticas, se entrecruzam sentidos produzidos no compartilhamento da dor com os demais elementos que constituem a vida maternal das interlocutoras. Além disso, indica como as interações no site são conduzidas e interpretadas através das reconfigurações da maternidade diante da tragédia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Bianchini Pavanello, Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Santa Maria - RS, Brasil

Professora Substituta do Departamento de Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria, no campus de Frederico Westphalen. Doutoranda em Comunicação Midiática pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria e Mestra em Comunicação pelo mesmo Programa (2019). Integrante do Grupo de Pesquisa de Estudos em Jornalismo (UFSM/ CNPq). Especialista em Televisão e Convergência Digital pela Universidade do Vale dos Sinos (2015). Bacharel em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (2009). 

Alisson Machado, Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Santa Maria - RS, Brasil

Doutor e Mestre em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria e bacharel em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, pela mesma instituição. Membro do GP Consumo e Culturas Digitais (UFSM/CNPq).

Sandra Rúbia Silva, Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Santa Maria - RS, Brasil

Doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestra em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e bacharela em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pela Universidade Regional de Blumenau. É docente do  departamento de Ciências da Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria e pesquisadora-líder do GP Consumo e Mídias Digitais (UFSM/CNPq).

Downloads

Publicado

20-01-2021 — Atualizado em 21-01-2021

Versões