Correlação entre Clima Organizacional e Inovação: importância do gerenciamento de variáveis que influenciam o ambiente inovativo de uma universidade pública federal

Autores

  • Rosana Augusta de Oliveira Universidade de Taubaté
  • Moacir José dos Santos Universidade de Taubaté
  • Marilsa de Sá Rodrigues Tadeucci Universidade de Taubaté

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol27n81.1374

Resumo

As universidades possuem papel decisivo na geração de tecnologias que propiciam a melhoria de processos e produtos, os quais, como consequência, contribuem para a qualidade de vida da sociedade. Ao considerar a relevância da universidade nesse sentido, o presente trabalho procura analisar fatores do clima organizacional que influenciam a esfera inovativa, na visão dos docentes que atuam no Campus Universitário de Gurupi/UFT, por meio de aplicação de questionário. A pesquisa objetiva demonstrar a importância do gerenciamento destas variáveis a fim de se criar ou manter um clima permanente de renovação e inovação. Concluiu-se que o ambiente predisposto à inovação do Campus de Gurupi não pode ser classificado como prejudicado, devendo ter melhorias no sentido de serem gerenciados com mais foco e cuidado os recursos humanos e materiais, que são indispensáveis à inovação, como também é preciso suplantar a falta de unidade com o intuito de se efetivar a cooperação entre setores.

Palavras-chave: clima organizacional; ambiente inovativo; universidade pública federal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Augusta de Oliveira, Universidade de Taubaté

Bacharel em Direito

Especialista em Gestão Pública

Mestranda em Gestão e Desenvolvimento Regional

Moacir José dos Santos, Universidade de Taubaté

Prof. Dr. do Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional - UNITAU

Marilsa de Sá Rodrigues Tadeucci, Universidade de Taubaté

Profa. Dra. do Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional - UNITAU

Downloads

Publicado

10-01-2012