Análise Comparativa entre os Currículos dos Cursos de Ciências Contábeis das Universidades do Estado de Santa Catarina Listadas pelo MEC e o Currículo Mundial Proposto pela ONU/UNCTAD/ISAR

Autores

  • Aline Oliveira Czesnat Universidade Regional de Blumenau - FURB
  • Jacqueline Veneroso Alves da Cunha Fundação Universidade Regional de Blumenau
  • Maria José Carvalho de Souza Domingues

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol25n75.186

Resumo

A harmonização das normas contábeis tornou-se um caminho sem volta; por isso, cada vez mais, o mercado requer contadores aptos a atuar dentro e fora do País. Daí a importância da inserção de disciplinas voltadas à contabilidade internacional nos currículos das instituições de ensino superior. Visando a uniformizar o ensino da contabilidade, a Organização das Nações Unidas (ONU) – por meio da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) e do Intergovernmental Working Group of Experts on International Standards of Accounting and Reporting (Isar) – desenvolveu um currículo para servir de guia na formulação dos currículos dos cursos superiores em Ciências Contábeis de todo o mundo (UNCTAD, 1999). Neste estudo, objetiva-se averiguar se os currículos dos cursos de Ciências Contábeis das universidades de Santa Catarina, listadas pelo Ministério da Educação (MEC), estão se adaptando ao currículo mundial proposto pela ONU/Unctad/Isar. Para tanto, compararam-se os currículos de 12 universidades ao currículo mundial apresentado pela ONU/Unctad/Isar. Os resultados demonstram que 88,27% das disciplinas dos currículos pesquisados estão adaptadas ao currículo mundial; no entanto, apenas quatro das universidades pesquisadas ofertam Contabilidade Internacional como disciplina obrigatória.

 

Palavras-chave: currículo mundial, ensino da contabilidade, harmonização contábil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-01-2010