Experiências de Consumo no Natal de Cidades do Interior de Minas Gerais

Autores

  • Marcelo de Rezende Pinto Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
  • Rafaela Costa Cruz Professora da Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol30n89.1918

Resumo

O Natal é considerado o maior evento de consumo do ano e, uma vez que está embasado em diversos e complexos comportamentos, rituais e símbolos, é um tema altamente atraente para os estudos do consumo. Assim, surgiu o interesse em empreender uma pesquisa empírica com o objetivo de se estudar as experiências de consumo relacionadas ao Natal em cidades do interior de Minas Gerais, com a proposta de investigar o consumo nessa importante data sob uma perspectiva regional brasileira. No plano teórico, julgou-se adequado incorporar um referencial já desenvolvido no tocante às experiências de consumo. Já no plano metodológico, desenvolveu-se uma investigação qualitativa. Foram realizados entrevistas e diários fotográficos, analisadas com Análise de Conteúdo e do Discurso. Os resultados parecem sugerir que o Natal representa um lugar simbólico-imaginário na experiência das pessoas, sendo um importante momento para se melhor compreensão dos atos de consumo, seus sujeitos e contextos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo de Rezende Pinto, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Mestre e Doutor em Administração pelo CEPEAD/UFMG. Professor do Programa de Pós-graduação em Administração da PUC Minas

Rafaela Costa Cruz, Professora da Universidade Federal de Uberlândia

Mestre em Administração pelo CEPEAD/UFMG.

Downloads

Publicado

26-09-2014