Atratividade em Clusters Comerciais: Um Estudo Comparativo de Dois Clusters da Cidade de São Paulo

Autores

  • Renato Telles Universidade Paulista - UNIP
  • João Paulo Lara Siqueira Universidade Paulista - UNIP
  • Denis Donaire Universidade de São Caetano do Sul - USCS
  • Marcos Antonio Gaspar Universidade de São Caetano do Sul - USCS

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol29n85.1937

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo a identificação de atributos relacionados à atratividade de clientes em clusters comerciais, na percepção de consumidores. Partindo-se da atratividade de clientes para lojas, desenvolveu-se um construto de avaliação de atratividade de clientes para clusters comerciais. Por meio de estudo descritivo-quantitativo junto a 240 consumidores em dois reconhecidos clusters comerciais, utilizando-se a técnica de PLS-PM (Partial Least Squares Path Modeling), avaliou-se a relação entre a atratividade de clientes (variável reflexiva) e as dimensões do mix varejista de clusters comerciais (variáveis latentes), a partir do tratamento de indicadores de efeitos observáveis. Como principais resultados, observou-se que: (1) atratividade está associada significativamente às variáveis latentes, sugerindo robustez do modelo; (2) condições de compra e preços são dimensões com maior associação à atratividade de clientes, embora lojas, produtos e atendimento apresentem relevância; e (3) localização apresentou-se como dimensão menos correlacionada à atratividade de clientes para ambos os clusters.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Telles, Universidade Paulista - UNIP

PPGA da Universidade Paulista

João Paulo Lara Siqueira, Universidade Paulista - UNIP

PPGA da Universidade Paulista

Denis Donaire, Universidade de São Caetano do Sul - USCS

PPGA da Universidade de São Caetano do Sul

Marcos Antonio Gaspar, Universidade de São Caetano do Sul - USCS

PPGA da Universidade de São Caetano do Sul

Downloads

Publicado

03-05-2013