Regionalização, Preservação e Inovação em atividades culturais: uma análise exploratória a partir do referencial de Arranjos Produtivos Locais

Autores

  • Marcelo Gerson Pessoa de Matos Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
  • Fabiano Geremia Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol30n89.2266

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar, a partir do referencial de Arranjos Produtivos Locais (APL), as perspectivas de desenvolvimento virtuoso e sustentável de atividades culturais no Brasil. Observa-se que os esforços direcionados à inovação, com destaque para a categoria das inovações artísticas e estéticas, e aqueles direcionados à preservação se complementam num processo dinâmico de evolução. Diversos sub-sistemas e as capacitações técnicas/produtivas, organizacionais e artísticas se articulam para a produção de manifestações e produtos com características únicas. O estoque de conhecimentos, majoritariamente tácito, se encontra fortemente enraizado no território local e sua preservação e difusão é fortemente determinada pelos processos interativos. As relações sistêmicas desenvolvidas nos APLs culturais conduzem a significativos incrementos das capacitações, constituindo fatores decisivos para a competitividade / atratividade dos agentes individuais e dos APLs como um todo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Gerson Pessoa de Matos, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Doutor em economia pela Universidade Federal Fluminense (UFF); professor adjunto do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE/UFRJ).

Fabiano Geremia, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Doutor em economia, pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE/UFRJ); professor adjunto do Departamento de Administração e Ciências Econômicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Downloads

Publicado

2014-09-26

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)