Práticas de gestão do conhecimento em micro e pequenas empresas de Sergipe

Cassio Roberto Conceição de Menezes, Maria Elena Leon Olave

Resumo


Este estudo buscou identificar as práticas de gestão do conhecimento adotadas por micro e pequenas empresas (MPE) de Sergipe, no Brasil. Para tanto, foi realizada uma pesquisa exploratória e descritiva de abordagem qualitativa, envolvendo cinco empreendimentos instalados no polo de confecção de Itabaianinha (SE). O método de pesquisa escolhido para o desenvolvimento desse trabalho foi o estudo de casos múltiplos. Os dados foram coletados por meio do roteiro de entrevista e estas, por sua vez, foram gravadas, transcritas e ponderadas mediante a técnica de análise de conteúdo. Os principais resultados indicaram que os bate-papos com clientes, representantes, fornecedores e concorrentes, as reuniões com empresários, a participação em cursos e treinamentos, como também o monitoramento do mercado são as principais práticas de gestão de conhecimento utilizadas pelas MPE que participaram do estudo. Além disso, observou-se que essas práticas auxiliam no gerenciamento, criação, disseminação e registro do conhecimento existente na organização, contribuindo para uma gestão mais duradoura e criação de valor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol32n94.2698

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

 

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora