Efeito moderador da inovação verde sobre gestão da cadeia de suprimentos e desempenho

Autores

  • Roberto Giro Moori Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Fabio Ytoshi Shibao Universidade Nove de Julho
  • Herbert Kimura Universidade de Brasília (UnB)

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol32n96.3511

Resumo

O objetivo deste artigo foi investigar o efeito moderador da inovação verde na relação entre gestão da cadeia de suprimentos e o desempenho em empresas do ramo químico brasileiro. Inicialmente, foram realizadas entrevistas em profundidade com oito gestores da cadeia para conhecer a inovação verde nas empresas e desenvolver um questionário para coleta de dados. Os questionários, após pré-testes com sete especialistas em gestão da cadeia de suprimentos, foram enviados às empresas do setor químico e resultaram em 316 respostas utilizáveis. Os dados coletados, tratados pela regressão linear hierárquica, revelaram que a inovação verde proativa modera a relação entre a gestão da cadeia de suprimentos e desempenho. Esse resultado evidenciou que as empresas do ramo químico têm despertado para a gestão da cadeia de suprimentos verde com atitudes que vão além daquelas regulamentares, por meio da integração de ações verdes para a melhoria do desempenho ambiental.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Giro Moori, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Pós Graduação “StrictoSensu” de Administração de Empresas da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Suas áreas de interesse em pesquisa são gestão da logística e da cadeia de suprimentos e redes de relacionamentos de negócios.

Fabio Ytoshi Shibao, Universidade Nove de Julho

Professor Pesquisador do Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade (GeAS) da Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011). Mestre em Ciências Contábeis pela FECAP (2008). Especialização em Métodos Quantitativos e Informática pela CEAG/FGV (1986) e Bacharel em Administração de Empresas com ênfase em Análise de Sistemas pela Faculdades Associadas de São Paulo (1983). Possui experiência nas áreas: Gestão de Unidades de Negócios, Administração, Comercial; Controladoria, Logística, Distribuição, IT e Docência, em empresas nacionais e multinacionais, estuda os temas: green supply chain management, gestão ambiental, logística e logística reversa. Também faz parte do Grupo de Pesquisa em Cidades Inteligentes e Sustentáveis da Uninove.

Herbert Kimura, Universidade de Brasília (UnB)

Possui Graduação em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA-1993), Mestrado em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME/USP-1998), Doutorado em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP-2002) e Doutorado em Administração de Empresas pela Escola de Administração do Estado de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (EAESP/FGV-2003).Atualmente é professor titular da Universidade de Brasília (UnB). Tem experiência na área de Administração, Estatística.

Downloads

Publicado

10-11-2016