Grau de maturidade na gestão das empresas de confecção em Santa Cruz do Capibaribe (PE)

Autores

  • Stêvenis Moacir Moura da Fonseca Universidade de Pernambuco - UPE
  • Andréa Pereira da Silva Universidade de Pernambuco - UPE

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol33n97.3573

Resumo

Este estudo visa avaliar o grau de maturidade de empresas do setor têxtil e de confecções no Agreste pernambucano, especificamente no município de Santa Cruz do Capibaribe. Dessa maneira, foi aplicado o diagnóstico da matriz de competitividade, proposta pela Fundação Nacional da Qualidade, seguindo as diretrizes do Modelo de Excelência da Gestão. Assim, foi possível realizar diagnóstico gerencial da qualidade e da sustentabilidade dos empreendimentos. Utilizou-se a metodologia de estudo de caso, cuja abordagem foi qualiquantitativa, com a aplicação de questionário a 25 empresas. Foi por meio desse instrumento que se identificaram o grau de maturidade e os itens que precisavam ser melhorados pelas empresas para que elas continuassem no mercado, mantendo e/ou ampliando sua parcela de mercado. Os resultados obtidos sugerem que, pela média do grau de maturidade, os empreendimentos analisados encontram-se imaturos. Nesse caso, eles necessitam avançar na gestão e melhorar significativamente seus indicadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Stêvenis Moacir Moura da Fonseca, Universidade de Pernambuco - UPE

Mestrado em Administração - UPE

Andréa Pereira da Silva, Universidade de Pernambuco - UPE

Mestrado em Administração/Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável - UPE

Downloads

Publicado

09-03-2017