Análise de redes sociais no arranjo produtivo local dos ramos têxtil e de confecções da região da grande São Paulo a partir de uma visão de governança

Milton Carlos Farina, Alessandra Preto Bitante, Lidiane Campos Britto, Luciane Ribeiro Dias Pinheiro

Resumo


Este artigo caracteriza-se pelo estudo das relações entre os atores participantes do APL Têxtil e de Confecções do Grande ABC a partir de uma visão de governança. Para compreender os fatores facilitadores e dificultadores das relações no APL, foi feito um levantamento bibliográfico sobre os temas. Foram entrevistados representantes do sindicato do setor têxtil, da Prefeitura de São Bernardo do Campo e de uma universidade colaboradora do APL. Além disso, 26 empresas pertencentes ao APL responderam a um questionário estruturado. Por fim, assistiu-se uma reunião do APL em junho de 2015. A principal conclusão deste artigo é que ainda há mais fatores dificultadores que facilitadores para o sucesso do APL estudado. Entre eles, a pouca adesão/participação das empresas do setor no arranjo produtivo local e a escassez de mão de obra especializada no setor.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol33n98.3791

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

 

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora