PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO PARA POLÍTICA HABITACIONAL NO CONTEXTO DOS PEQUENOS MUNICÍPIOS: ALTERNATIVA DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA (SIAB)

Autores

  • Rosana Denaldi Universidade Federal do ABC, Santo André (SP), Brasil
  • Maria de Lourdes Fonseca Universidade Federal do ABC, Santo André (SP), Brasil
  • Ana Gabriela Akaishi Centro Universitário Fiam-Faam, São Paulo (SP), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol33n99.3806

Resumo

Este trabalho examina em que medida a utilização de dados do Sistema de Informação de Atenção Básica (Siab) pode contribuir para a identificação e o mapeamento da precariedade habitacional em municípios pequenos. Para tanto, este artigo analisa os dados contidos no Siab em municípios que utilizaram essa fonte de informação para subsidiar a elaboração de seus Planos Locais de Habitação de Interesse Social (PLHIS). Apresenta-se o estudo de caso do município de Água Fria, localizado no Território de Identidade Portal do Sertão, estado da Bahia. O estudo aponta que, apesar de não ser um banco de dados específico para a área habitacional, o Siab pode ser um instrumento importante para identificar e caracterizar preliminarmente, a precariedade habitacional, inclusive sendo possível espacializar as informações e identificando diversos componentes do déficit habitacional, principalmente no contexto dos pequenos municípios que possuem limitada capacidade administrativa e dificuldades para gerar informações locais. Destaca-se, no entanto, como principais limitações a impossibilidade de identificar todos os componentes do déficit e inadequação e a dificuldade de delimitar o perímetro das áreas cobertas pelos agentes comunitários de saúde em bases cartográficas adequadas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Denaldi, Universidade Federal do ABC, Santo André (SP), Brasil

Doutora em Arquitetura e Urbanismo, professora adjunta da Universidade Federal do ABC

Maria de Lourdes Fonseca, Universidade Federal do ABC, Santo André (SP), Brasil

Doutora em Urbanismo pela Universidad Politécnica de Cataluña, professora adjunta da Universidade Federal do ABC

Ana Gabriela Akaishi, Centro Universitário Fiam-Faam, São Paulo (SP), Brasil

Arquiteta e Urbanista, mestre em Planejamento e Gestão de Território, professora de Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário Fiam-Faam

Downloads

Publicado

29-08-2017