AS PRÁTICAS COTIDIANAS DE NEGÓCIO DOS CATIREIROS DA REGIÃO DO TRIÂNGULO MINEIRO E ALTO PARANAÍBA

Autores

  • José Vitor Palhares Universidade Federal de Minas Gerais
  • Alexandre de Pádua Carrieri Universidade Federal de Minas Gerais
  • Alice de Freitas Oleto Fundação Getúlio Vargas (FGV)

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol35n103.4468

Resumo

O objetivo deste trabalho foi compreender as práticas cotidianas de negócio dos catireiros da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Para atingir o objetivo proposto, foi utilizada a abordagem da pesquisa qualitativa, de caráter exploratório. Foram entrevistados 31 catireiros da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, encontrados através da técnica da bola de neve. Para a análise dos dados, foi utilizada a Análise Crítica do Discurso. Constatou-se que as estratégias na catira estão relacionadas com o conhecimento sobre o mercado rural, sobre as melhores épocas para se catirar, de entender as diversas peças-chave que fazem girar a engrenagem da catira. Já as táticas são aquelas operações circunstanciais e situacionais para tirar vantagem ou para não ter prejuízo nas negociações. São improvisações que dependem da astúcia do catireiro em perceber as oportunidades para se catirar, já que a prática da catira também pode ser considerada como uma tática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Vitor Palhares, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor de Administração no Instituto Federal Farroupilha (IFFar). Doutorando e mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Alexandre de Pádua Carrieri, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor titular na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutor em Administração.

Alice de Freitas Oleto, Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Doutoranda em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP).

Downloads

Publicado

20-05-2019