DIAGNÓSTICO DE AÇÕES COLETIVAS RURAIS NO DISTRITO FEDERAL: um estudo logístico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol36n109.5546

Resumo

A disponibilidade para o armazenamento se torna cada vez mais importante no Agronegócio brasileiro, juntamente a mudanças organizações recentes entre os atores do campo, que se refletem em ações coletivas, como é o caso dos Condomínios de Armazéns Rurais. Esse trabalho objetiva analisar que tipos de ações coletivas rurais existem no Distrito Federal e entorno, e a relação delas com os Condomínios de Armazéns Rurais, através de uma revisão sistemática de literatura e estudo de caso, e analisados pela Análise de Conteúdo. Os principais resultados mostram que as ações coletivas rurais são caracterizadas em sua maioria por Associações ou Cooperativas no Distrito Federal e entorno de Goiás, e que aparentemente não existem Condomínios de Armazéns Rurais na região. Além disso, a região apresenta déficit de armazenagem e a maior parte das estruturas de armazenagem não são próprias, potencializando a criação de novos armazéns e desenvolvimento de Condomínios de Armazéns Rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Silva de Carvalho, UnB

Administradora - UnB

Amanda Cristina Gaban Filippi, UnB e UFG

Doutoranda em Agronegócios - PPAGRO / UFG Mestre em Agronegócios - PROPAGA / UnB Engenheira Agrônoma - ESALQ / USP http://lattes.cnpq.br/2180503863633488

Patricia Guarnieri, UnB

Doutora em Engenharia de Produção na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora da Universidade de Brasília, Departamento de Administração, FACE, cursos de graduação e pós-graduação em Administração e curso de Mestrado em Agronegócios. Brasília, DF.

Downloads

Publicado

29-09-2020