ELEMENTOS DE INOVAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA CAFEICULTURA INDÍGENA NA AMAZÔNIA

Thelma Jakliny Martins Arruda, Saiane Barros de Souza, Raul Afonso Pommer Barbosa, Flávio de São Pedro Filho

Resumo


O presente estudo aborda um tema com enfoque econômico, ambiental e social, localizado na região da Amazônia Legal brasileira, a cafeicultura indígena. Esta pesquisa privilegiou como objetivo principal compreender os principais elementos de inovação que possibilitam o desenvolvimento sustentável da cafeicultura em uma reserva indígena na Amazônia Legal brasileira; e tem como objetivos específicos caracterizar a cafeicultura na reserva indígena (1), identificar os principais fatores de desenvolvimento sustentável (2), descrever a estrutura da inovação para o desenvolvimento sustentável na Terra Indígena Sete de Setembro (3). Como resultado, percebe-se a produção desse ativo nessa tribo da Amazônia é realizada com base no Triple Bottom Line. Encontram-se as melhores práticas de gestão para o desenvolvimento sustentável numa área indígena, estes povos aprimoram a produção qualitativamente com inovação de seus processos usando tecnologias e aperfeiçoando suas relações sociais e comerciais com instituições capazes de potencializar a produção de café.

 


Palavras-chave


Inovação; Desenvolvimento Sustentável; Cafeicultura Indígena; Amazônia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol36n108.5732



 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

 

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora