DESEMPENHO DAS COMPRAS GOVERNAMENTAIS: REVISÃO DA LITERATURA NACIONAL RECENTE E PROPOSIÇÃO DE UMA AGENDA DE PESQUISA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol37n112.6036

Palavras-chave:

compras governamentais, desempenho no setor público, uso do poder de compra do Estado.

Resumo

Neste estudo, buscou-se investigar como a literatura tem averiguado o desempenho de uso das compras governamentais para implementação de políticas públicas no Brasil, por meio do mapeamento do estado da arte em revisão exaustiva da literatura do decênio 2007-2017. A relevância desta pesquisa reside na apresentação do panorama nacional das pesquisas concernentes ao desempenho das compras governamentais, contribuindo, assim, à literatura de Administração Pública e ao debate referente à avaliação do uso das compras governamentais.  Entende-se que três categorias temáticas sumarizam a literatura: Resultados de uso das compras; Uso de modelos multicritério para a avaliação do desempenho de compras; e Uso do poder de compra do Estado. Compõe-se agenda de pesquisa pautada em duas lacunas: desenvolvimento de estudos que testem o desempenho das compras sob perspectiva comparada e multicritério; e que testem variáveis teóricas típicas do uso das compras em políticas públicas, como satisfação do usuário, transparência ou accountability.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elvira Carolina Moreira de Rezende, Programa de Pós-Graduação em Administração (MPA/PPGA) UnB.

Procuradora da Fazenda e Mestre em Administração Pública pelo Mestrado Profissional em Administração Pública (MPA/PPGA) UnB.

Marina Figueiredo Moreira, Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGA / UnB

PHD em Sciences de Gestion pela Université Aix-Marseille (França). Doutora em Administração pelo Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade de Brasília - UnB. Professora do Mestrado Profissional em Administração - MPA/UnB. Professora Adjunta do Departamento de Administração da UnB. Membro da RESER - European Association for Research on Services. Líder do LinSe - Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Inovação e Serviços na Universidade de Brasília. Tem pesquisas relacionadas a Inovação, Inovação em Serviços, Inovação em Software, Políticas Públicas para Inovação, Compras Governamentais para a Inovação e Mudança e Inovação em Serviços.

Referências

ALBANO, G. L.; RUSSO, F. A., CASTALDI, G.; ZAMPINO, R. Evaluating Small Businesses' Performance in Public e‐Procurement: Evidence from the Italian Government's e‐Marketplace. Journal of Small Business Management, v. 53, p. 229-250, 2015.

ALENCASTRO, M. A. C.; DA SILVA, E. V.; LOPES, A. M. D. Contratações sustentáveis na administração pública brasileira: a experiência do Poder Executivo federal. Revista de Administração Pública, v. 48, n. 1, p. 207-236, 2014.

ALVARENGA, R. M.; DE QUEIROS, D.; DO CARMO, M.; DE SOUZA, L. B. Arranjo produtivo local e desenvolvimento sustentável: uma relação sinérgica no município de marco-Ceará. Revista de Administração Mackenzie, v. 14, n. 5, 2013.

AMANN, M. K.; ROEHRICH, J.; EBIG, M.; HARLAND, C. Driving sustainable supply chain management in the public sector: The importance of public procurement in the European Union. Supply Chain Management: An International Journal, v. 19, n. 3, p. 351-366, 2014.

DE ARAÚJO, G. C.; TEIXEIRA, C. E. Operacionalização das compras públicas sustentáveis na secretaria de administração penitenciária do estado de São Paulo. Revista Metropolitana de Sustentabilidade, v. 6, n. 3, p. 63-86, 2016.

ASCHHOFF, B.; SOFKA, W. Innovation on demand - Can public procurement drive market success of innovations? Research policy, v. 38, n. 8, p. 1235-1247, 2009.

ATKINSON, A. A.; WATERHOUSE, J. H.; WELLS, R. B. A stakeholder approach to strategic performance measurement. MIT Sloan Management Review, v. 38, n. 3, p. 25, 1997.

BARBOZA, R. B.; FONSECA, S. A.; DE FREITAS, G. C. O papel das políticas públicas para potencializar a inovação em pequenas empresas de base tradicional. REGE-Revista de Gestão, v. 24, n. 1, p. 58-71, 2017.

BORGES, L. M.; WALTER, F.; SANTOS, L. C. Análise e redesenho de processos no setor público: identificação de melhoriasem um processo de compra. Holos, v. 1, p. 231-252, 2016.

BRAMMER, S.; WALKER, H. Sustainable procurement in the public sector: an international comparative study. International Journal of Operations & Production Management, v. 31, n. 4, p. 452-476, 2011.

BRASIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial União, 1993.

BRIGNALL, S.; MODELL, S. An institutional perspective on performance measurement and management in the ‘new public sector’. Management accounting research, v. 11, n. 3, p. 281-306, 2000.

CABRAL, S.; REIS, P. R. D. C.; SAMPAIO, A. D. H. Determinantes da participação e sucesso das micro e pequenas empresas em compras públicas: uma análise empírica. Revista de Administração, v. 50, n. 4, p. 477-491, 2015.

CASTRO, J. K.; DE FREITAS, C. L.; DA CRUZ, F. Licitações sustentáveis: um estudo em instituições federais de ensino superior na região sul do Brasil. Revista Metropolitana de Sustentabilidade, v. 4, n. 1, p. 31-51, 2014.

DE FREITAS, M.; DE VARGE, J. S. O pregão eletrônico e as contratações de serviços contínuos. Revista de Administração Pública, v. 47, n. 5, p. 1265-1282, 2013.

DIAS, L. S.; MATIAS-FERREIRA, J.; FARIAS, M. S.; PAMPLONA, V. S. Fatores associados ao desperdício de recursos da saúde repassados pela união aos municípios auditados pela Controladoria Geral da União. Revista Contabilidade & Finanças, 2013.

DOS SANTOS, P. S. A.; FANK, O. L.; VARELA, P. S. Determinantes do nível dos estoques públicos: mensuração nas capitais dos estados da região Sul do Brasil. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 5, n. 2, p. 28-55, 2012.

ENSSLIN, S. R.; ENSSLIN, L.; NISHIYAMA, M. A.; CHAVES, L. C. Compras governamentais sob a ótica da avaliação de desempenho: um mapeamento do tema conforme as delimitações postas pelos pesquisadores. Gestão & Regionalidade, v. 30, n. 90, 2014.

FARIA, E. R.; FERREIRA, M. M.; DOS SANTOS, L. M.; SILVEIRA, S. R. Fatores determinantes na variação dos preços dos produtos contratados por pregão eletrônico. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 6, p. 1405-1428, 2010.

FARIA, E. R.; FERREIRA, M. A. M.; GONÇALVES, M. A. Avaliação dos riscos do pregão eletrônico: uma abordagem pela teoria da nova economia institucional. Revista de Ciências da Administração, v. 15, n. 37, 2013.

FERREIRA, N. A. As pesquisas denominadas" estado da arte. Educação & sociedade, v. 23, p. 257-272, 2002.

FERREIRA, V. S.; NAJBERG, E.; FERREIRA, C. B.; BARBOSA, N. B.; BORGES, C. Inovação em serviços de saúde no Brasil: análise dos casos premiados no Concurso de Inovação na Administração Pública Federal. Revista de Administração Pública, v. 48, n. 5, p. 1207-1228, 2014.

FLICK, U. (Ed.). The SAGE handbook of qualitative data analysis. Sage, 2013.

FLYNN, A.; DAVIS, P. Theory in public procurement research. Journal of public procurement, v. 14, n. 2, p. 139-180, 2014.

FREITAS, M.; MALDONADO, J. M. S. V. O pregão eletrônico e as contratações de serviços contínuos. Revista de Administração Pública - RAP, v. 47, n. 5, 2013.

GEORGHIOU, L.; EDLER, J.; UYARRA, E.; YEOW, J. Policy instruments for public procurement of innovation: Choice, design and assessment. Technological Forecasting and Social Change, v. 86, p. 1-12, 2014.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, v. 5, n. 61, p. 16-17, 2002.

GOMES, R. C.; LEAL, A. S.; ASSIS, V. A. Indicadores para avaliar o desempenho de prefeituras municipais. Tecnologias de Administração e Contabilidade-TAC, v. 3, n. 1, p. 1-15, 2013.

ITTNER, C. D.; LARCKER, D. F. Innovations in performance measurement: Trends and research implications. Journal of management accounting research, v. 10, p. 205, 1998.

JORGE, M. J.; AVELLAR, C. M.; DE MELO, L. C.; PIGATTO, J. M.; BATISTA, D. L. Indicadores de Efetividade em custo de atividades-meio no modelo de gestão para resultados: a experiência do Ipec/Fiocruz. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 4, n. 2, p. 1-22, 2010.

JUSTEN FILHO, M.; JORDÃO, E. F. A contratação administrativa destinada ao fomento de atividades privadas de interesse coletivo. Revista Brasileira de Direito Públic, v. 9, 2015.

LIMA, D. H.; DE VARGAS, E. R. Estudos internacionais sobre inovação no setor público: como a teoria da inovação em serviços pode contribuir?. Revista de Administração Pública, v. 46, n. 2, p. 385-401, 2012.

LOPES, R. G.; DE MOURA, L. R. Responsabilidade socioambiental: uma análise do projeto “campus verde–gestão ambiental do IFRN”. HOLOS, v. 3, p. 135-147, 2015.

MCCRUDDEN, C. Using public procurement to achieve social outcomes. In: Natural resources forum. Oxford, UK: Blackwell Publishing Ltd., 2004. p. 257-267.

MEDEIROS, F. B.; DOS SANTOS, S. X.; DENARDIM, É. S.; ABBADE, E. B. A qualidade dos produtos e serviços em licitações do tipo menor preço: um estudo em uma câmara de vereadores do Rio Grande do Sul. REGE-Revista de Gestão, v. 21, n. 4, p. 491-508, 2014.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA. Compras governamentais. Painel de Compras do Governo, 2017. Disponível em: https://paineldecompras.planejamento.gov.br/. Acesso em: 11 maio 2018.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA. Guia referencial para medição de desempenho e Manual para construção de indicadores. 2010.

MODELL, S. Performance measurement myths in the public sector: a research note. Financial Accountability & Management, v. 20, n. 1, p. 39-55, 2004.

MOREIRA, M. F.; DE VARGAS, E. R. Compras para a inovação: casos de inovações induzidas por clientes públicos. Revista de Administração Mackenzie, v. 13, n. 5, 2012a.

MOREIRA, M. F.; DE VARGAS, E. R. Quando o governo é o mercado: compras governamentais e inovação em serviços de software. Revista de Administração e Inovação, 9(2), 175-197, 2012b.

NISHIYAMA, M. A.; DE LIMA, M. A.; ENSSLIN, L.; CHAVES, L. C. Modelo Multicritério para Avaliação de Desempenho: um estudo de caso para gestão de compras no setor público. Revista de Ciências da Administração, v. 1, n. 1, p. 09-28, 2017.

OLIVEIRA, B. S.; LUZIO, L. M. Compras públicas como política para o desenvolvimento sustentável. Revista de Administração Pública, v. 49, n. 1, p. 189-206, 2015.

OLIVEIRA, M. F.; DA SILVA, J. F.; DA MOTTA, L. F. J. A vantagem competitiva das nações e a vantagem competitiva das empresas: o que importa na localização?. Revista de Administração Pública, v. 46, n. 3, p. 701-720, 2012.

OSBORNE, D; GAEBLER, T. Reinventando o governo: como o espírito empreendedor está transformando o setor público. Mh Comunicação, 1994.

OSBORNE, S. P. The new public governance?. Public Management Review, p. 377-387, 2006.

OSBORNE, S. P. Public governance and public services delivery: a research agenda for the future. The new public governance, p. 413-428, 2010.

RAUEN, A. O. Políticas de inovação pelo lado da demanda no Brasil. Brasília. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2017.

REZENDE, E. C. M. Da política pública à performance: mapeamento do desempenho de compras governamentais no Simples Nacional. Dissertação de Mestrado Profissional em Administração Pública. Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGA. Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

SANTOS, P. A.; FANK, O. L.; VARELA, P. S. Determinantes do nível dos estoques públicos: mensuração nas capitais dos estados da região sul do Brasil. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 5, n. 2, p. 28-55, 2012.

SCHOONER, S. L.; GORDON, D. I.; CLARK, J. L. Public procurement systems: unpacking stakeholder aspirations and expectations. GWU Law School Public Law Research Paper, n. 1133234, 2008.

SQUEFF, S.; DE HOLANDA. O poder de compras governamental como instrumento de desenvolvimento tecnológico: análise do caso brasileiro (No. 1922). Texto para Discussão, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. 2014.

TRIDAPALLI, J. P.; FERNANDES, E.; MACHADO, W. V. Gestão da cadeia de suprimento do setor público: uma alternativa para controle de gastos correntes no Brasil. Revista de Administração Pública-RAP, v. 45, n. 2, p. 401-433, 2011.

VAN DOOREN, W.; BOUCKAERT, G.; HALLIGAN, J. Performance management in the public sector. Routledge, 2015.

VAZ, J. C.; LOTTA, G. S. A contribuição da logística integrada às decisões de gestão das políticas públicas no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 45, n. 1, p. 107-139, 2011.

ZUPIC, I.; ČATER, T. Bibliometric methods in management and organization. Organizational Research Methods, v. 18, n. 3, p. 429-472, 2015.

Publicado

2021-09-30