Empreendedorismo em TI e o Perfil das MPEIs catarinenses beneficiadas pelo Programa Juro Zero da FINEP

Autores

  • Diane Rossi Maximiano Reina Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alessandra Vasconcelos Gallon Universidade Federal do Ceará
  • Sandra Rolim Ensslin Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jamile Sabatini Marques Associação Catarinense das Empresas de Tecnologia da Informação.

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol27n81.629

Resumo

O artigo busca descrever o perfil das MPEIs catarinenses beneficiadas pelo “Programa Juro Zero” (PJZ), da Finep.Para tanto, o estudo compreende a caracterização (i) das MPEIs em termos de porte, tipo de sociedade, composição acionária, localização, setor de atuação e classificação por verticais; (ii) das suas equipes de trabalho quanto a sexo, idade, grau de escolaridade e IES de origem; e (iii) dos projetos financiados quanto a prazo de execução, valor contratado e rubricas financiadas. O estudo descritivo com abordagem qualitativa dos dados foi desenvolvido junto às 31 MPEIs beneficiadas na primeira fase do PJZ. Os resultados demonstram que a maioria das empresas é de pequeno porte, constituída como sociedade limitada, estabelecida em Florianópolis e de software. Suas equipes de trabalho são jovens e possuem alta escolaridade. Constatou-se ainda que a rubrica “despesas com pessoal” é preponderante, fato condizente com os anseios do PJZ, que é custeado pelo FAT.

Palavras-chave: empreendedorismo tecnológico; micro e pequenas empresas inovadoras; “Programa Juro Zero”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-01-2012

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)