FORMAÇÃO DE CONGLOMERADOS NO SETOR DE LOJAS DE DEPARTAMENTO E ELETRODOMÉSTICOS NO BRASIL: UMA APLICAÇÃO DE ANÁLISE MULTIVARIADA EM INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS

Autores

  • Patricia Prado Belfiore FEA-USP
  • luiz Lopes Fávero FEA-USP
  • Ana Maria Nélo Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol23n66.63

Resumo

Este trabalho busca a determinação de comportamentos semelhantes de atuação operacional e financeira em lojas varejistas no Brasil, em função da utilização de indicadores econômico-financeiros. Para isto, aplicam-se técnicas multivariadas de análise fatorial e análise de conglomerados para a determinação de eventuais clusters existentes. Para a realização deste estudo, utilizaram-se como base de dados os indicadores econômico-financeiros das 21 maiores lojas de departamento e eletrodomésticos do Brasil, segundo a revista Balanço Anual da Gazeta Mercantil, de 2004. As empresas estão classificadas em um ranking pela sua receita operacional e o tratamento dos dados se deu por meio do software estatístico SPSS (Statistical Package for Social Sciences). O objetivo deste estudo consiste na análise dos clusters formados, com o intuito de identificar características comuns de cada agrupamento de empresas. Os resultados mostraram que características comuns apresentadas pelas empresas, como desempenho, atuação geográfica e indicadores econômico- financeiros, resultaram na formação de clusters específicos. Palavras-chave: indicadores financeiros, varejo, lojas de departamento e eletrodomésticos, análise fatorial, análise de clusters.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads