DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO ESTADO DO CEARÁ: Análise fatorial e de CLUSTER

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol38n114.7310

Palavras-chave:

Análise de multivariada. Municípios cearenses. Desenvolvimento econômico.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar a dinâmica de desenvolvimento econômico dos municípios do Estado do Ceará a partir de um conjunto de 14 (quatorze) variáveis referentes ao ano de 2010. Utilizou-se a técnica de análise fatorial para a definição dos fatores e análise de clusters para a formação dos grupos homogêneos. A evidência empírica apontou uma extração de quatro fatores que explicam aproximadamente 80% da variância total do modelo de dinâmica de desenvolvimento dos municípios. Notou-se que sete municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) se destacaram na dimensão econômica e que somente o município de Fortaleza se destacou na dimensão humana. Os resultados mostraram que as regiões Noroeste e Sul Cearense apresentaram dinâmica de desenvolvimento econômico inferior às demais. Por fim, constatou-se a existência de desequilíbrios na dinâmica de desenvolvimento entre as regiões cearenses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

FRANCISCO LAERCIO PEREIRA BRAGA, Universidade Estadual do Ceará

Professor do Curso de Administração de Empresas da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Economia Rural (PPGER) da Universidade Federal do Ceará.

KILMER COELHO CAMPOS, Universidade Federal do Ceará

Professor Associado II do Departamento de Economia Agrícola e do Programa de Pós-Graduação em Economia Rural (PPGER) da Universidade Federal do Ceará e Doutor em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa.

Referências

ALVES, C.L.B.; RODRIGUES, A.S. Elementos para pensar territorialidades e desenvolvimento sustentável na mesorregião sul cearense. Revista Econômica do Nordeste, Fortaleza, v.44, n. Especial, p. 251-274, junho/2013.

BEGNINI, S.; ALMEIDA, L.E.D.F. de. Grau de desenvolvimento dos municípios da mesorregião oeste catarinense: caracterização e classificação. Revista Interações, Campo Grande, v.17, n. 4, p. 547-560, out-dez/2016.

CAETANO, F.A.O.; ARAÚJO, J.A.de; KHAN, A.S. Fatores condicionantes do desenvolvimento na América Latina: uma análise sob a perspectiva do PIB e dos indicadores globais de governança. Revista Interações, Campo Grande, MS, v. 20, n. 1, p. 95-109, jan-mar/2019.

CORRAR, L.J.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J.M. Análise multivariada para os cursos de Administração, Ciências Contábeis e Economia. Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras. São Paulo: Atlas, 2012.

CAMPOS, K.C.; SILVA, F.D.V. da. CAMPOS, R.T. Perfil técnico e econômico da fruticultura irrigada na microrregião do Cariri, Ceará. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 10, n. 1, p. 21-43, 2016.

CERQUEIRA, D.; RANIERE, M.; GUEDES, E.; COSTA, J.S.; BATISTA, F. NICOLATO, P. Indicadores multidimensionais de educação e homicídios nos territórios focalizados pelo Pacto Nacional pela Redução de Homicídios. Nota Técnica nº 18. IPEA, Brasília, 2016. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/nota_tecnica/160510_notatecnica_diest_18.pdf >. Acesso em: 3 de set. de 2019.

FARIA, W.R.; JÚNIOR, A.A.B.; SANTIAGO, F.S.; REIS, F.S. dos; MONTENEGRO, R.L.G. Estrutura socioeconômica, vantagens competitivas e padrão regional: avaliando as disparidades da zona da mata de Minas Gerais em 2010. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 12, n. 1, p. 51-73, 2018.

FÁVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. L. da; CHAN, B. L. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. São Paulo: Campus, 2009.

FREITAS, C.A. de; PAZ, M.V.; NICOLA, D.S. Analisando a modernização da agropecuária gaúcha: uma aplicação de análise fatorial e cluster. Revista Análise Econômica, Porto Alegre, Ano 25, n. 47, p. 121-149, março/2007.

HAIR JR., J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005. 583p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico 2010. Disponível em: <http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/ index.php?dados=8>. Acesso em: 6 ago. de 2019.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA)/PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD)/ FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO (FJP). Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios Brasileiros – IDH, 2013. Disponível em:< http://www.atlasbrasil.org.br/2013/ >. Acesso em: 20 de ago. de 2019.

LINS, L.M.; ARBIX, G. Educação, qualificação, produtividade e crescimento econômico: a harmonia colocada em questão. Anais...I Circuito de debates acadêmicos. IPEA, Code 2011. Disponível em: < http://www.ipea.gov.br/code2011/chamada2011/pdf/area3/area3-artigo5.pdf >. Acesso em: 15 de ago. de 2019.

LIRA, P.; MONTEIRO, L.L. Violência, urbanização e desenvolvimento humano: uma análise espacial nos municípios capixabas. In: MARGUTI, B.O.; COSTA, M.A.; PINTO, C.V.S. (Organizadores). Territórios em Números: insumos para políticas públicas a partir da análise do IDHM e do IVS de municípios e Unidades da Federação brasileira. P. 245. IPEA: INCT, Brasília, 2017.

LYRIO, L.B.; BARROS, M.J.F.; MENEZES, A.M.F. Educação, um fator decisivo para o desenvolvimento: o modelo do município de Sobral/CE. Anais...XVIII ENANPUR. Natal, maio/2019. Disponível em: < http://anpur.org.br/xviiienanpur/anaisadmin/capapdf.php?reqid=810 >. Acesso em: 15 de ago. de 2019.

MARIANO, F.Z.; ARRAES, R.A.; BARBOSA, R.B. Análise longitudinal para avaliação do ensino profissionalizante. In: ATALIBA, F.; BARRETO, F.D.; SOUSA, F.J. (Organizadores). Economia do Ceará em Debate 2016. 280p. IPECE, Fortaleza, 2016. Disponível em: < http://www2.ipece.ce.gov.br/encontro/2016/index.htm >. Acesso em: 6 de set. de 2019.

MINGOTI, S. A. Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagem Aplicada. Belo Horizonte: Editora: UFMG, 2005. 295p.

NUNES, E. SOUZA; SOUSA, E.P. de. Análise da eficiência no gerenciamento público com a saúde para os municípios cearenses. In: ATALIBA, F.; BARRETO, F.D.; SOUSA, F.J. (Organizadores). Economia do Ceará em Debate 2016. 280p. IPECE, Fortaleza, 2016. Disponível em: < http://www2.ipece.ce.gov.br/encontro/2016/index.htm >. Acesso em: 6 de set. de 2019.

RELAÇÃO ANUAL DE INFORMAÇÕES SOCIAIS (RAIS). Ministério do Trabalho e Emprego, 2016. Disponível em: < http://www.rais.gov.br/sitio/sobre.jsf >. Acesso em: 15 de ago. de 2019.

REZENDE, M.L.; FERNANDES, L.P.S.; SILVA, A.M.R. Utilização da análise fatorial para determinar o potencial de crescimento econômico em uma região do sudeste do Brasil. Revista Economia e Desenvolvimento. n 19, p. 92- 109, 2007.

ROSADO, P.L.; ROSSATO, M.V.; LIMA, J.E. de. Análise do desenvolvimento socioeconômico das microrregiões de Minas Gerais. Revista Econômica do Nordeste, Fortaleza, v.40, n. 2, p. 297-310, abril-junho/2009.

SANTOS, N.B.; FARIA, A.M.M.; DALLEMOLE, D.; MANSO, J.R.P. Desenvolvimento e crescimento econômico das macrorregiões de Mato Grosso nos anos 2005 e 2013. Revista Interações, Campo Grande, v. 18, n. 3, p. 169-182, jan-mar/2017.

SCHUMPETER, J. A. Teoria do desenvolvimento econômico: uma investigação sobre lucros, capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

SILVEIRA, B.C.; SILVA, R.G. da.; CARVALHO, L.A. Índice relativo de qualidade de vida da região norte: uma aplicação da análise fatorial. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, Taubaté, v. 4, n. 4, p. 80-97, set-dez/2008.

SOUZA, H. G. de; TABOSA, F.J.S. Análise espacial do desempenho escolar da educação básica dos municípios do estado do Ceará. In: ATALIBA, F.; BARRETO, F.D.; SOUSA, F.J. (Organizadores). Economia do Ceará em Debate 2016. 280p. IPECE, Fortaleza, 2016. Disponível em: <http://www2.ipece.ce.gov.br/encontro/2016/index.htm >. Acesso em: 6 de set. de 2019.

Publicado

2022-05-27