GESTÃO SUSTENTÁVEL – MOTIVADORES, BARREIRAS E PERCEPÇÃO DE MICRO E PEQUENOS EMPRESÁRIOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol35n106.5121

Resumo

A demanda por uma administração mais sustentável das organizações é crescente. No entanto, poucos estudos direcionam a tomada de decisão sobre gestão sustentável em empresas de pequeno porte. Este estudo se propôs identificar principais motivadores e barreiras para adoção da gestão sustentável segundo percepção de micro e pequenos empresários. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário que foi respondido por 72 empresas dos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. Para a análise dos dados foram utilizadas as técnicas de análise fatorial e análise de conglomerados.  Por meio deste estudo foi possível estabelecer um conjunto de oito fatores que influenciam na gestão sustentável de empresas de pequeno porte e traçar três perfis de empresas no quesito gestão sustentável. Verificou-se que a maioria das empresas se enquadraram numa abordagem preventiva em relação a gestão sustentável. Estudos em profundidade são recomendados para explicar os resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Toniolo da Rocha, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP / USP

Mestre em Administração de Organizações pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP). Bacharel em  Administração pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Graduando em Ciências Econômicas pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USP). Professor do MBA USP/ESALQ.

Rodrigo Faria Introvini, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP / USP

Bacharel em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto / USP

Adriana Cristina Ferreira Caldana, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP / USP

Doutora em Psicologia pela USP. Atua como professora na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto / USP na área de Recursos Humanos e Sustentabilidade. Tem pesquisas ligadas aos seguintes temas: gestão sustentável de recursos humanos, educação para a sustentabilidade, responsabilidade social corporativa, desenvolvimento sustentável. Líder do grupo de pesquisa GOLDEN for Sustainability - Chapter Brazil (goldenbrazil.org). Atualmente é coordenadora do Escritório de Sustentabilidade da FEA-RP/USP, criado para a promoção dos Principles for Responsible Management Education (PRME) da ONU.

Elizabeth Krauter, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP / USP

Professora do departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto/USP. Doutora em Administração pela FEA/USP. Pós-doutorado em Administração pela FEA/USP, mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, graduação em Administração de Empresas pela EAESP/FGV, especialização em Administração Contábil e Financeira pela EAESP/FGV. Pesquisadora-líder do NEsFIN - Núcleo de Estudos em Finanças.

Lara Bartocci Liboni, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP / USP

Professora da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - FEA-RP/USP - Universidade de São Paulo. É Doutora em Administração pela FEA-USP (2009) e mestre em Administração pela FEA-USP (2005). Possui graduação em Administração de Empresas pela FEA-RP/USP (2002). Atua em temas como: Sustentabilidade, internacionalização e alianças estratégicas.

Downloads

Publicado

08-10-2019