Avaliação sobre Protocolos de Encaminhamento em Redes Veiculares Tolerantes a Atrasos e Desconexões

Autores

  • Boaz de Sousa Costa Universidade Federal da Piauí
  • Rodrigo Leal Universidade Federal do Piauí, Picos - PI
  • Ivan Nascimento Filho Universidade Federal do Piauí, Picos - PI
  • Patricia Drumond Universidade Federal do Piauí, Picos - PI
  • Pablo Vieira Universidade Federal do Piauí, Picos - PI

DOI:

https://doi.org/10.13037/ria.vol14n2.224

Resumo

Redes Veiculares Tolerantes a Atrasos e Desconexões (VDTNs) são usadas em ambientes nos quais as Redes Veiculares comuns são ineficientes, como locais remotos que não possuem conexão constante. Para que isso seja possível, protocolos de encaminhamento de dados específicos devem ser utilizados. Neste artigo, são comparados os protocolos de encaminhamento: Epidemic, First Contact, Maxprop e Spray and Wait a fim de apontar o melhor protocolo. As métricas usadas para medir o desempenho dos diferentes protocolos foram: Probabilidade de Entrega dos pacotes, Sobrecarga da Rede e Latência Média. Sob análise desses critérios, o protocolo Spray and Wait obteve o melhor desempenho já que teve melhores resultados em duas das três métricas. O estudo também apontou a escolha do Protocolo de encaminhamento como de maior impacto na Probabilidade de Entrega, Sobrecarga da Rede e no número de Tempo de Vida de Pacote na Latência Média da Rede, guiando engenheiros na montagem de VDTNs.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-10-2019

Edição

Seção

Artigos