Características Cineantropométricas de Jogadores de Futebol Profissional de Minas Gerais: Comparações entre as Diferentes Posições

Flamarion Ribeiro, Dihogo Gama Matos, Felipe José Aidar, José Arlen Beltrão de Matos, João Carlos Bouzas Marins, Antonio José Silva, Victor Machado Reis

Resumo


O objetivo do presente estudo foi avaliar as características cineantropométricas de jogadores profissionais de futebol da 3ª divisão do campenato mineiro e comparar tais variáveis entre as diferentes posições. Participaram do estudo 26 jogadores com 23,46 ± 3,22 anos, 179,77 ± 7,31 cm e 8,81 ± 1,31 %G. A amostra foi dividida em cinco grupos (Goleiros, Laterais, Meio campistas, Atacantes e Zagueiros). Foram avaliadas estatura (EST), índice de massa corporal (IMC), perimetria da coxa, do abdomen e da perna, flexibilidade (FLX), agilidade (AGL), velocidade (VEL), força/resistência abdominal (AB), impulsão vertical (SV) e aptidão cardiorespiratória (VOR e VOA). Foi realizada análise descritiva e de normalidade e as comparações foram feitas através do teste ANOVA e teste Post hoc de Bonferroni (p < 0,05). Analisou cada variável, obtendo para EST 179,77 ± 7,31 cm, IMC 23,39 kg/m2, perimetria de coxa 63,31 ± 9,77 cm, perimetria de abdomen 85,73 ± 4,88 cm, perimetria de perna 57,15 ± 4,09, FLX 32,38 ± 6,88 cm, AGL 10,70 ± 0,49 seg, VEL 4,27 ± 0,30 seg, AB 31,35 ± 4,95 rep, SV 54,69 ± 4,75, GOR 8,81 ± 1,31 %, MM 67,79 ± 9,66 kg e VOA 59,09 ± 4,71 ml.kg.min, VOR 4,49 ± 0,60 L/min. Concluiu-se que as caracteristicas cineantropométricas de jogadores profissionais avaliados estão dentro dos parâmetros aceitáveis para jogadores profissionais e que as diferentes funções táticas desempenhadas pelos jogadores não produziam diferenças significativas nas variáveis relativas ao desempenho atlético e características antropométricas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol9n30.1417