Sofrência em tempos de felicidade: musica sertaneja e os signos da contemporaneidade

Danielle Brasiliense, Leonardo Seixas

Resumo


Este trabalho tem por objetivo a análise da relação entre a busca por felicidade no contexto neoliberal contemporâneo e o sofrimento cantado nas músicas brasileiras denominadas popularmente como sofrência. Ao cotejar narrativas discursivas em antigas canções de dor de cotovelo e nas atuais canções de sofrimento, analisadas através dos dialogismos bakhtinianos e apoiadas em teorias psicanalíticas, queremos perceber a relação estabelecida entre a dor, o sofrimento e a demanda imperativa por felicidade. Mais especificamente, este artigo investiga as diferentes configurações desses signos que estão diretamente ligados à representação do álcool e do feminejo nas canções de sucesso de estilo sertanejas.


Palavras-chave


Sofrência; Sertanejo; Felicidade; Álcool e Feminejo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/ci.vol21n45.6135



Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145