COORDENAÇÃO DE SISTEMAS AGROALIMENTARES DIFERENCIADOS: UM ESTUDO SOBRE O LEITE ORGÂNICO NO PARANÁ

Clariana Ribeiro Nogueira, Sandra Mara Schiavi Bánkuti, Ana Elisa Bressan Smith Lourenzani, Ferenc Istvan Bánkuti, Wagner Luiz Lourenzani

Resumo


Neste estudo, buscou-se analisar a coordenação em um sistema agroalimentar diferenciado (SAD) do leite orgânico e agroecológico no Paraná, discutindo como os arranjos viabilizam a coordenação e a agregação de valor para os produtores rurais. Os resultados mostraram dois subsistemas: o valor criado na produção rural se esvai e o produto é processado como convencional, descaracterizando o SAD. Apesar dos esforços de articulação horizontal, predomina a interdependência sequencial. No outro, predomina a interdependência recíproca, pois o valor é carregado até o consumidor final, havendo um alinhamento entre os objetivos dos agentes e agregação de valor pela diferenciação. Conclui-se que ações e políticas para agregação de valor e diferenciação em sistemas agroalimentares no segmento produtor devem ser acompanhadas de propostas de coordenação da cadeia, para garantia de transmissão do valor gerado a jusante, especialmente ao se considerar cadeias com agentes intermediários entre o produtor rural e o consumidor final.

Palavras-chave: Cadeia do leite; produção agroecológica; diferenciação; arranjos organizacionais; transação; certificação participativa.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol34n100.3696

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora