TECNOLOGIA EDUCATIVA PARA O AUTOCUIDADO DE PACIENTES SUBMETIDOS AO DRENO TORÁCICO

Autores

  • Iana Bruna Parente Cardoso Universidade do Estado do Pará
  • Daliane Ferreira Marinho Universidade do Estado do Pará

DOI:

https://doi.org/10.13037/ras.vol17n61.5961

Palavras-chave:

Fisioterapia

Resumo

Introdução: A utilização de instrumentos educativos na área da saúde é prática comum no Sistema Único de Saúde, levando a alterações positivas no quadro do paciente. Objetivos: O objetivo da pesquisa foi elaborar e validar uma cartilha para o autocuidado de pacientes submetidos ao dreno torácico. Materiais e métodos: O estudo foi desenvolvido em duas fases por meio de abordagem quantitativa. Na primeira ocorreu a confecção da cartilha após uma revisão de literatura. Já na segunda ocorreu a validação por meio da avaliação de 13 juízes-especialistas e de 13 representantes do público-alvo. Esta avaliação se deu através de questionários com questões que precisavam alcançar valor de concordância de 80%. A pesquisa foi realizada após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: Após a revisão de literatura a cartilha intitulada “Dreno de tórax: O que fazer?” foi criada contendo tópicos importantes sobre o assunto, passando pela análise dos juízes-especialistas obtendo concordância de 99,18%, sendo o primeiro bloco de perguntas com 100%, o segundo 100% e o terceiro 96,15%. Apesar de todos receberem valor maior que 80%, houve uma sugestão de modificação que foi acatada passando, então, para a avaliação do público-alvo. Pela qual se constatou concordância de 100%, com todos os blocos recebendo 100%, sem sugestões. Conclusão: A cartilha foi considerada válida pelos 26 juízes que a avaliaram. Espera-se que a mesma seja utilizada na prática e possa promover o conhecimento sobre os cuidados necessários para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iana Bruna Parente Cardoso, Universidade do Estado do Pará

Fisioterapeuta formada pela Universidade do Estado do Pará, pós graduada em Terapia Intensiva pela Biocursos.

Daliane Ferreira Marinho, Universidade do Estado do Pará

Fisioterapeuta formada pela Universidade do Estado do Pará, mestre em Biociência pela Universidade Federal do Oeste do Pará.

Referências

Rebert LM, Hoga LAK, Gomes ALZ. O processo de construção de material educativo para a promoção da saúde da gestante. Rev. Latino-Am. Enfermagem 2012; 20(1).

Liebano RE, Hassen MAS, Racy HHMJ, Côrrea, JB. Principais manobras cinesioterapêuticas manuais utilizadas na fisioterapia respiratória: descrição das técnicas. Rev. Ciênc. Méd., Campinas 2009;18(1), 35-45.

Pryor Z,Webber A. Fisioterapia para problemas respiratórios e cardíacos. Ed. 4ª, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

Lima JDR. Rotina de cuidados com dreno de tórax. Grupo hospitalar Conceição, 2013.

Clark-carter D. Investigación Cuantitativa en Psicología: Del diseño experimental al reporte de investigación . México: Oxford University Press, 2002.

Fernandes MVL, Lacerda RA, Hallage NM. Indicadores de avaliação de práticas de controle e prevenção de infecção do trato urinário associado a cateter: construção e validação. Acta Paul Enferm 2006; 19(2): 174-89.

Oliveira MS. Autocuidado da mulher na reabilitação da mastectomia: estudo de validação de aparência e conteúdo de uma tecnologia educativa. [Dissertação Mestrado]. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza; 2006.

Nascimento MHM. Tecnologia para mediar o cuidar-educando no acolhimento de “familiares cangurus” em unidade neonatal: Estudo de Validação. [Dissertação Mestrado]. Universidade do Estado do Pará, Belém; 2012.

Moreira MF, Nobrega MML, Silva MIT. Comunicação escrita: Contribuição para a elaboração de material educativo em saúde. Revista Brasileira Enfermagem 2003; 56(2): 184-8.

Echer IC. Elaboração de manuais de orientação para o cuidado em saúde. Rev. Latino-Am. Enferm. 2005; 13(5): 754-757.

Pereira CR. Construção e validação de uma cartilha de orientação sobre o tratamento quimioterápico. [Dissertação Mestrado]. Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza; 2014.

Barros ML. Construção e validação de uma cartilha educativa sobre cuidados no perioperatório da cirúrgia bariátrica. [Dissertação mestrado]. Universidade Federal do Ceará, Fortaleza; 2015.

Galdino YLS. Construção e validação de cartilha educativa para o autocuidado com os pés de pessoas com diabetes. [Dissertação Mestrado]. Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza; 2014.

Lima ACMACC, Bezerra KC, Sousa DMN, Rocha JF, Oriá MOB. Construção e Validação de cartilha para prevenção da transmissão vertical do HIV. Acta Paul Enferm. 2017; 30(2):181-9.

Gentil LLS. Tecnologia educativa de cuidados para o pós-operatório da cirúrgia de revascularização miocárdica: uma ferramenta para o paciente e família. [Dissertação mestrado]). Universidade de São Paulo, São Paulo; 2013.

Downloads

Publicado

09-12-2019