FATORES DE RISCO DA DOENÇA CORONARIANA ENTRE OS PACIENTES SUBMETIDOS A REVASCULARIZAÇÃO MIOCARDICA (RM) EM JOINVILLE/SC

Autores

Palavras-chave:

Revascularização Miocárdica, Doença da Artéria Coronariana, Fatores de Risco.

Resumo

Introdução: No Brasil, apesar da progressiva redução na mortalidade por doenças cardiovasculares nas diferentes regiões, a doença arterial coronariana constitui-se como uma das principais causas de morte. Objetivo: Investigar os fatores de risco da doença coronariana entre os pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio, em Joinville/SC.  Materiais e Métodos: Estudo descritivo com 30 participantes. Os dados foram coletados por meio de um questionário com perguntas fechadas. As variáveis investigadas consideraram as características socioeconômicas e os fatores de risco diretamente relacionados ao aparecimento de doença arterial coronariana (DAC). A apresentação dos resultados foi por meio da distribuição absoluta e relativa das informações. Na análise dos achados foram consideradas as evidências científicas. Resultados: Os fatores de risco clássicos para DAC estiveram presentes entre todos os participantes. Dos 30 participantes, 43% referiram tabagismo pregresso e 77% sedentarismo. A maioria apresentou sobrepeso, diabetes, dislipidemia, hipertensão arterial e o Infarto agudo do miocárdio. Conclusões: Por se tratar da principal causa de morte no mundo, ressalta-se a necessidade de ampliar pesquisas relacionadas a fatores de risco para a doença arterial crônica que extrapole os fatores de risco clássicos. Os achados mostram a necessidade de intensificar os programas de educação para prevenção de doenças crônicas e, em especial, para as mudanças no estilo de vida. A educação em saúde deve primar por informar os fatores de risco para DAC, seguido da percepção das pessoas de que, ao persistirem com comportamentos inadequados poderão provocar prejuízos a sua saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arlene Laurenti Monterrosa Ayala, Professora do Curso de Enfermagem da Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc. Joinville/SC.

Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis/SC.

Referências

Rodrigues de Souza A, Ferreira de Albuquerque C L, Silva FA, Machado RC. Fatores associados a um impacto na qualidade de vida pós revascularização miocárdica. Revista Rene [Internet]. 2018 [citado 2019 Ago 11]; 19():1-10. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/rene/article/viewFile/33590/pdf_1.

Lanzoni GMM, Koerich C, Meirelles BHS, Erdmann AL, Baggio MA, Higashi GDC. Revascularização miocárdica: referência e contrarreferência do paciente em uma instituição hospitalar. Texto contexto - enferm. [Internet]. 2018 [citado 2019 Set 24]; 27( 4 ): e4730016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072018004730016.

Feres F, Costa RA, Siqueira D, Costa Jr JR, Chamié D, Staico R, Chaves AJ, Abizaid A, Marin-Neto JA, Rassi Jr A, Botelho R, Alves CMR, Saad JA, Mangione JA, Lemos PA, Quadros AS, Queiroga MAC, Cantarelli MJC, Figueira HR. Diretriz da sociedade brasileira de cardiologia e da sociedade brasileira de hemodinâmica e cardiologia intervencionista sobre intervenção coronária percutânea. Arq Bras Cardiol [Internet]. 2017 Jun [citado 2019 Ago 12];109(1 Suppl 1):1-81. Disponível em:

http://www.scielo.br/pdf/abc/v109n1s1/0066-782X-abc-109-01-s1-0001.pdf.

Organização Mundial de Saúde (OMS). Doenças cardiovasculares [Internet] 2017 [citado 2019 Jul 13]. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5253:doencas-cardiovasculares&Itemid=1096

Mansur AP, Favarato D. Mortalidade por Doenças Cardiovasculares em Mulheres e Homens nas cinco Regiões do Brasil, 1980-2012. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. [Internet]. 2016 [citado 2019 Jul 14]; 107( 2): 137-146. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abc/2016nahead/pt_0066-782X-abc-20160102.pdf

Silveira EL, Cunha LM, Pantoja MS, Lima AVM, Cunha ANA. Prevalência e distribuição de fatores de risco cardiovascular em portadores de doença arterial coronariana no Norte do Brasil. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba [Internet]. 2018 [citado 2019 Jun 12]; 20(3):167-73. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/RFCMS/article/view/31493.

Pereira A, Mendonça MI, Borges S, Freitas S, Henriques E, Rodrigues M et al. Análise de risco genético da doença arterial coronariana em um estudo populacional em Portugal, usando um score de risco genético com 31 variantes. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2018 Jul [citado 2019 Set 24] ; 111( 1 ): 50-61. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/abc.20180107.

Gomes F, Telo DF, Souza HP, Nicolau JC, Halpern A, Serrano Jr CV. Obesidade e doença arterial coronariana: papel da inflamação vascular. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2010 Fev [citado 2019 Set 24]; 94( 2 ): 273-279. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2010000200021.

Montazerifar F, Bolouri A, Paghalea RS, Mahani MK, Karajibani M. Obesidade, soro resistina e níveis de leptina ligados à doença arterial coronariana. Arquivo Brasileiro Cardiologia. [Internet] 2016 [citado 2019 Ago 11];107(4):348-353, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abc/v107n4/pt_0066-782X-abc-20160134.pdf.

Barroso TA, Marins LB, Alves R, Gonçalves ACS, Barroso SG, Rocha GS. Associação Entre a Obesidade Central e a Incidência de Doenças e Fatores de Risco Cardiovascular. Int. J. Cardiovasc. Sci. [Internet]. 2017 Set [citado 2019 Set 24]; 30( 5 ): 416-424. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/2359-4802.20170073.

Cichocki M, Fernandes KP, Castro-Alves DC, Gomes MVM. Atividade física e modulação do risco cardiovascular. Rev Bras Med Esporte [Internet]. 2017 Fev [citado 2019 Set 24]; 23( 1 ): 21-25. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1517-869220172301159475.

Ministério da Saúde. Vigitel Brasil 2011 – Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. [Internet] 2011[citado 2019 Jun 22]. Disponível em: http://portalms.saude.gov.br/noticias/911-indicadores-de-saude/41423-vigilancia-de-fatores-de-risco-e-protecao-para-doencas-cronicas-por-inquerito-telefonico-vigitel-2.

Torquato SCR, Silva EF, Rodrigues AR, Pimenta MVT, Moura JRA, Silva ARV. Sedentarismo e alterações metabólicas entre universitários. Rev Enferm UFPI [Internet] 2016 Abr-Jun [citado 2019 Jun 13];5(2):16-21. Disponível em: https://ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/5244/pdf_1

Ciorlia LAS, Godoy MF. Fatores de risco cardiovascular e mortalidade: seguimento em longo prazo (até 20 anos) em programa preventivo realizado pela medicina ocupacional. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2005 Jul [citado 2019 Set 24]; 85( 1 ): 20-25. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2005001400005.

Takamune DM, Maruichi MD, Pai CYW, Silva CSHA, Amadei G, Lima SMRR. Conhecimento dos fatores de risco para doença cardiovascular em mulheres no climatério: estudo piloto. Arq Med Hosp Fac Cienc Med Santa Casa São Paulo. [Internet] 2011 [citado 2019 Ago 17];56(3):117-21. Disponível em: http://arquivosmedicos.fcmsantacasasp.edu.br/index.php/AMSCSP/article/view/325/34.

Carvalho FPB, Clélia Albino Simpson CA, Queiroz TA, Gislane BF, Oliveira LC, Queiroz JC. Prevalência de doença arterial coronariana em pacientes diabéticos. Revista Enfermagem UFPE. [Internet] 2016 [citado 2019 Ago 23]; 10(Supl. 2):750-5. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11016/12392.

Olevate IC, Brito ZRG, Pinto MVM, Julio JS, Justus LGB, Valadão MFM, Faria VM, Santos AG, Santos Filho SD. Estudo atual da doença arterial coronariana em pacientes diabéticos: do tratamento clínico ao procedimento invasivo. Revista Digital. [Internet] 2010 Jun [citado 2109 Jul 24]; 145. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd145/doenca-arterial-coronariana-em-pacientes-diabeticos.htm.

Oliveira JLM, Hirata MH, Sousa AGMR, Gabriel FS, Hirata TDC, Tavares IS et al. Sexo Masculino e Hipertensão Arterial São Preditores de Placa à Angiotomografia das Coronárias. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2015 Mai [citado 2019 Set 24]; 104(5): 409-416. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/abc.20150028.

Melo JB, Campos RCA, Carvalho PC, Meireles MF, Andrade MVG, Rocha TPO et al. Fatores de Risco Cardiovasculares em Mulheres Climatéricas com Doença Arterial Coronariana. Int J Cardiovasc Sci. [Internet] 2018 [citado 2019 Ago 11];31(1)4-11. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ijcs/v31n1/pt_2359-4802-ijcs-20170056.pdf.

Petracco AM, Bodanese LC, Porciúncula GF, Teixeira GS, Pellegrini DO, Danzmann LC et al. Avaliação da Relação do Índice Tornozelo-Braquial com a Gravidade da Doença Arterial Coronária. International Journal of Cardiovascular Sciences. [Internet] 2018 [citado 2019 Set 22];31(1)47-55. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S235956472018000100047&lng=en&nrm=iso.

Prefeitura Municipal de Joinville. Secretaria de planejamento urbano e desenvolvimento sustentável. Joinville cidade em dados. [Internet] 2017 [citado 2019 Jul 13]. Disponível em: https://www.joinville.sc.gov.br/wp-content/uploads/2016/01/Joinville-Cidade-emDados-2017.pdf.

Estado de Santa Catarina. Secretaria de Estado da Saúde. Unidades de Saúde. [Internet] 2018 [citado 2019 Jul 14]. Disponível em: http://www.saude.sc.gov.br/index.php/asecretaria/unidades-de-saude.

World Health Organisation. Physical status: the use and interpretation of anthropometry. [Internet] 2002 [citado 2019 Ago 12]. Disponível em: . https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/37003/WHO_TRS_854.pdf?se.

Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil. [Internet] 2013 [citado 2019 Jul 23];150(112). Disponível em: http://sintse.tse.jus.br/documentos/2013/Jun/13/cns-resolucao-no-466-de-12-de-dezembro-de-2012.

Dordetto PR, Pinto GC, Rosa TCSC. Pacientes submetidos à cirurgia cardíaca: caracterização sociodemográfica, perfil clínico-epidemiológico e complicações. Rev Fac Ciênc Méd Sorocaba [Internet] 2016 [citado 2019 Set 12];18(3):144-9. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/RFCMS/article/view/25868

Fuscaldi IF, Barreto SM, Couto BRGM, Starling Carlos EF. Fatores preditores da mortalidade hospitalar e de complicações per-operatórias graves em cirurgia de revascularização do miocárdio. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2003 Jan [citado 2019 Set 25] ; 80( 1 ): 51-60. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0066782X2003000100005.

Vila VSC, Rossi LA, Costa MCS. Experiência da doença cardíaca entre adultos submetidos à revascularização do miocárdio. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2008 Ago [citado 2019 Set 25] ; 42( 4 ): 750-756. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008005000035.

Custódio FM, Gasparino RC. Qualidade de vida de pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca. REME • Rev Min Enferm. [Internet] 2013 Jan/Mar [citado 2019 Set 22];17(1):125-129. Disponível em: file:///C:/Users/Arlene/Downloads/v17n1a11.pdf

Bonotto GM, Mendoza-Sassi RA, Susin LRO. Conhecimento dos fatores de risco modificáveis para doença cardiovascular entre mulheres e seus fatores associados: um estudo de base populacional. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2016 Jan [citado 2019 Set 25] ; 21( 1 ): 293-302. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015211.07232015.

Koerich C, Lanzoni GMM, EAL. Fatores associados à mortalidade de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio. Revista Latino Americana de Enfermagem [Internet] 2016 [citado 2019 Jul 24];24: e2748. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/rlae/v24/pt_0104-1169-rlae-24-02748.pdf.

Santos J, Meira KC, Camacho AR, Salvador PTCO, Guimarães RM, Pierin AMG et al. Mortalidade por infarto agudo do miocárdio no Brasil e suas regiões geográficas: análise do efeito da idade-período-coorte. Ciência & Saúde Coletiva [Internet] 2018 [citado 2019 Ago 23]; 23(5):1621-1634. Disponível em: https://scielosp.org/pdf/csc/2018.v23n5/1621-1634/pt

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo 2010. [Internet] 2010 [citado 219 Jun 12]. Disponível em: https://censo2010.ibge.gov.br/apps/mapa/.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. [Internet] 2011 [citado 2019 Ago 17]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_acoes_enfrent_dcnt_2011.pdf.

Ferreira SRG, Chiavegatto Filho ADP, Lebrão ML, Duarte YAO, Laurenti R. Doenças cardiometabólicas. Rev. bras. epidemiol. [Internet]. 2018 [citado 2019 Set 26] ; 21( Suppl 2 ): e180008. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1980-549720180008.supl.2.

Jacondino CB, Schwanke CHA, Closs VE, Gomes I, Borges CA, Gottlieb MGV. Associação do tabagismo com biomarcadores REDOX e fatores de risco cardiometabólicos em idosos. Cad. saúde colet. [Internet]. 2019 Mar [citado 2019 Set 27]; 27( 1 ): 45-52. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201900010279.

Cantarelli MJC, Castello HJ, Gonçalves R, Gioppato S, Guimarães JBF, Ribeiro EKP, Vardi JCF, Maksud D, Navarro EC. Preditores independentes de doença arterial coronária multiarterial: resultados do Registro Angiocardio. Rev Bras Cardiol. [Internet] 2015 (citado 2019 Jun 12]; 23(4):266-270. Disponível em: https://reader.elsevier.com/reader/sd/pii/S0104184317300127?token=303EDD92D59D301364B374069F67BF56820FBD902D64F15AD4955788AD4124CF393558F4DBBD661229D9D6842420B56D

Sociedade Brasileira de Cardiologia. Diretriz brasileira baseada em evidências sobre prevenção de doenças cardiovasculares em pacientes com diabetes: posicionamento da sociedade brasileira de diabetes (sbd), da sociedade brasileira de cardiologia (SBC) e da sociedade brasileira de endocrinologia e metabologia (SBEM). Arquivos Brasileiros de Cardiologia [Internet] 2017 [citado 2019 Ago 12]; 109(6). Disponível em: http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2017/04_DIRETRIZ_SBD_SBEM.pdf

Sociedade Brasileira de Cardiologia. 7ª Diretriz brasileira de hipertensão arterial.

Arquivos Brasileiros de Cardiologia [Internet] 2016 [citado 2019 Ago 12]; 107(3). Disponível em: http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2016/05_HIPERTENSAO_ARTERIAL.pdf

Sociedade Brasileira de Cardiologia. Dados e estatísticas de mortalidade cardiovascular. [Internet] 2012 [citado 2019 Ago 12]. Disponível em: http://www.cardiol.br/dados/mortalidade.html#tabela3

Downloads

Publicado

26-10-2020

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)