Honra ao mérito: como a instituição do Prêmio Esso contribuiu para a adoção dos referenciais de objetividade jornalística no Brasil

Autores

  • Robson Dias Universidade de Brasília (UnB)

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol15n29.2383

Palavras-chave:

Jornalista, Objetividade, Prêmio Esso

Resumo

Os prêmios são dispositivos que prescrevem ethos, valores e procedimentos aos profissionais de Jornalismo. E tendem a fomentar um dado modelo jornalístico. No caso do Brasil, o Prêmio Esso serviu de fomento ao Jornalismo Informativo (isenção, imparcialidade, impessoalidade) e ao Jornalismo Investigativo (denúncia). A abordagem traz o processo histórico de adoção dos critérios de objetividade na imprensa brasileira a partir do Prêmio Esso com a instauração de uma meritocracia própria em dispor sobre o que era (ou não) jornalismo profissional no país. O artigo é fruto de uma tese de doutorado em Comunicação, pesquisa histórica, documental, em âmbito nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Robson Dias, Universidade de Brasília (UnB)

Doutor em Comunicação, formado pelo Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação (PPGFAC) da Universidade de Brasília (UnB) a partir do vínculo com os seguintes projetos de pesquisa credenciados no CNPQ: A ideia do pós-Jornalismo (2010-2013), O Jornalismo como Teoria Democrática (2006-2010) e Como o Terceiro Setor pauta a mídia (2003-2006).

Downloads

Publicado

26-11-2014