Gestão ambiental e gestão dos recursos hídricos no contexto do uso e ocupação do solo nos municípios

Autores

  • Ruan Carlos de Mesquita Oliveira
  • Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima Universidade Federal do Ceará
  • Rennaly Patrício Sousa Economista, mestranda em Economia Rural pela Universidade Federal do Ceará, onde desenvolve pesquisas com ênfase em Políticas Públicas e Desenvolvimento

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol33n97.3101

Resumo

Esteestudo teve como objetivo mostrar a importância de uma integração entre gestão ambiental e gestão dos recursos hídricos na busca por um desenvolvimento municipal dito sustentável, com redução de impactos negativos decorrentes do uso desordenado do solo. Para tanto, foram criados o Índice de Gestão Municipal dos Recursos Hídricos e o Índice de Gestão Ambiental para os municípios cearenses. Os principais resultados mostraram que os modelos de gestão dos recursos hídricos e do meio ambiente nos municípios cearenses apresentam fragilidades inerentes à baixa integração entre ambos e ao baixo nível de implementação de instrumentos de gestão. Como consequência podem ser potencializados os impactos negativos da falta de ordenamento no uso e ocupação do solo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruan Carlos de Mesquita Oliveira

Agrônomo, atuando nas áreas d Economia Agrícola, Gestão Ambiental e Gestão dos Recursos Hídricos

Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Economia Aplicada,  professora da Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal do Ceará. Bolsista Produtividade CNPq – Nível 2.

Rennaly Patrício Sousa, Economista, mestranda em Economia Rural pela Universidade Federal do Ceará, onde desenvolve pesquisas com ênfase em Políticas Públicas e Desenvolvimento

Economista, mestre em Economia Rural.

Desenvolve pesquisas com ênfase em Políticas Públicas e Desenvolvimento

Downloads

Publicado

09-03-2017

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)