A experiência e mais dez: uma estratégia para vencer na Champions League

Autores

  • Edson Roberto Scharf FURB Universidade de Blumenau Programa de Pós-Graduação em Administração
  • Richard Perassi Luiz de Sousa UFSC Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
  • Aléssio Bessa Sarquis UNISUL Universidade do Sul de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Administração
  • Elton Belz FURB Universidade de Blumenau

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol32n96.3461

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar as relações entre a marca Ford e a competição europeia de futebol Champions League do ponto de vista da experiência, tendo por base a Teoria do Comportamento Planejado, de Ajzen. Foram realizadas entrevistas com executivos responsáveis pela operação que envolve a Ford e a Champions League, analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que a Ford concentra a quase totalidade de seu budget no patrocínio desse grande evento esportivo anual do mundo, sendo compreendido como ação central em sua estratégia de branding, e que a experiência tem sido o mote utilizado para obter reconhecimento da marca e aperfeiçoar seu capital de marca e seu relacionamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Roberto Scharf, FURB Universidade de Blumenau Programa de Pós-Graduação em Administração

FURB Universidade de Blumenau
Programa de Pós-Graduação em Administração

Downloads

Publicado

10-11-2016