AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO ATENDIMENTO PRESTADO NA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA DA UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL EVALUATION OF QUALITY OF CARE PROVIDED IN THE PHYSIOTHERAPY CLINIC AT THE UNIVERSITY OF SÃO CAETANO DO SUL

Rafael de Lacerda Santos, Rosamaria Rodrigues Garcia

Resumo


O estudo teve como objetivo avaliar a qualidade do atendimento prestado na Clínica de Fisioterapia da Universidade
Municipal de São Caetano do Sul, por meio de um questionário contendo 42 perguntas relacionadas às
condições de atendimento e dos serviços prestados, à dificuldade para realização de atividades cotidianas e à
frequência de dor, aplicado em cem pacientes, no período de agosto a outubro de 2008. Observou-se que, em
relação ao atendimento prestado pelos estagiários e supervisores, houve resultados satisfatórios relatados
pelos pacientes, assim como a satisfação geral com a fisioterapia, pela melhora do nível de capacidade funcional
e da dor. As condições da clínica também foram consideradas satisfatórias. A maioria dos pacientes utiliza as
informações dadas pelo terapeuta, e está satisfeito com a qualidade das terapias, tanto é que indicaria a clínica
para familiares e amigos, e retornaria para submeter-se a novo atendimento. Algumas sugestões foram feitas
sobre as instalações da clínica, principalmente na área de hidroterapia e vestiários, além de uma maior quantidade
de horários disponíveis para o tratamento, uma vez que este é realizado apenas no período vespertino e,
em alguns dias, no período noturno. Concluiu-se, no presente estudo, que os pacientes em geral estão satisfeitos
com a qualidade de atendimento, porém algumas mudanças precisam ser efetuadas nas instalações do
vestiário da hidroterapia, assim como um aprimoramento da qualidade do atendimento telefônico e a diminuição
do tempo de espera para a marcação da primeira consulta. Vale ressaltar que este trabalho poderá trazer
melhorias na qualidade do atendimento, contribuindo para o aumento da satisfação do pacientes.

Palavras-chave


qualidade, fisioterapia, satisfação, humanização, atendimento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol7n20.316