Exposição de crianças à mídia eletrônica e processos miméticos

Malena Segura Contrera, Sueli Ferreira Schiavo

Resumo


Este texto reflete sobre o fenômeno humano da mimese. Observa-se que o incentivo ao uso de aparatos tecnológicos por meio de estratégias estéticas e mercadológicas caminhou com a produção de conteúdos específicos produzidos que induzem ao consumo de bens e serviços especialmente voltados para o público infantil. Conclui-se que há questões a serem consideradas pelos agentes sociais acerca do uso desmedido e não monitorado dos aparatos eletrônicos pelas crianças. A fundamentação teórica considera a contribuição de Christoph Wulf, Vilém Flusser e Norval Baitello Jr., entre outros.

 


Texto completo: PDF




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145