Mulheres no jornalismo contemporâneo: desafios das tecnologias digitais

Marli Santos, Jéssica Oliveira Collado Mateos

Resumo


Este artigo apresenta dados preliminares do estudo sobre mulheres no jornalismo contemporâneo, como recorte do projeto de pesquisa “Práticas de investigação jornalística na contemporaneidade e relações de gênero”. Tendo em vista a convergência tecnológica e a feminização das redações, o objetivo é verificar a relação da mulher com as tecnologias digitais na produção jornalística em um cenário de abundância de informação. A metodologia utilizada é quantitativa com a aplicação de questionário online (survey). O universo da pesquisa abrangeu 94 jornalistas do Estado de São Paulo, com mais de 21 anos. Os resultados apontam para uma consciência das mulheres em relação às transformações no jornalismo, porém, a maioria está pessimista em relação ao futuro. As jornalistas incorporaram no seu cotidiano a produção multimídia, e a maioria afirma utilizar o JGD no processo jornalístico.

 

 

 


Palavras-chave


Jornalismo contemporâneo; Mulheres jornalistas; Gênero; Tecnologias digitais; Jornalismo Guiado Dados

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/ci.vol20n42.5264

Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145