COMPETÊNCIAS VOLTADAS À SUSTENTABILIDADE ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDÚSTRIA EXPORTADORA

Ana Carolina Vilela de Carvalho, Silvio Roberto Stefano, Luciano Munck

Resumo


A discussão sobre a sustentabilidade é uma realidade em organizações públicas e privadas, e iniciaram-se reflexões e questionamentos sobre sua forma de responsabilidade e gestão. Este artigo objetivou identificar as competências encontradas nos gestores de nível tático, que podem auxiliar no desenvolvimento de práticas sustentáveis em uma indústria alimentícia multinacional. A pesquisa foi realizada junto a gestores, coordenadores e analistas da organização. Foram realizadas entrevistas com dois coordenadores e dois analistas, além de ter sido aplicado um questionário para autoavaliação dos gerentes e coordenadores no que se refere às competências voltadas à sustentabilidade. De um total de dezoito funcionários com cargos de gerência e coordenação, treze responderam aos questionários. Os resultados geraram contribuições de caráter teórico e prático ao refletir sobre as competências e entregas voltadas à sustentabilidade dos gestores de nível tático. Percebe-se que a sustentabilidade pode encontrar na gestão por competências um apoio à conscientização organizacional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol31n91.2278

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

 

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora